2ª Plenária discute ‘Democracia e Saúde’ em São Gonçalo

No evento foram elaboradas propostas para a 16º Conferência Nacional de Saúde que será realizada de 4 a 7 de agosto, em Brasília.

São Gonçalo do Rio Abaixo sediou, na quinta-feira (11), a 2ª Plenária Municipal de Saúde. Promovida pelo Conselho Municipal de Saúde, por meio da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Saúde, o evento teve como tema ‘Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS’, e reuniu mais de 150 pessoas.

Durante o evento, realizado no Centro Cultural, a secretária de Saúde de São Gonçalo, Luciana Bicalho, apresentou os dados da Secretaria Municipal de Saúde referentes às propostas aprovadas em 2017 e informou sobre o andamento de cada uma delas. A secretária agradeceu a participação efetiva da população nas pré-plenárias realizadas de 25 de março a 5 de abril em diversas localidades do município e ressaltou que a Plenária é um momento de debater e planejar ações para melhorar a área de saúde do município. “Esse evento é muito importante para nortear os rumos da saúde em nossa cidade e até mesmo em nosso Estado. Volto a afirmar que estamos de portas abertas para atender toda a população são-gonçalense”, ressaltou Luciana.

Durante o encontro, a fisioterapeuta Pollyanna de Oliveira Silva, mestre em Saúde pela Sociedade e Ambiente pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, palestrou sobre o tema a 2ª Plenária. Segundo Pollyanna, o sistema de saúde do Brasil é exemplo no mundo todo. “O Brasil é o maior país do mundo com um sistema de saúde público, universal e gratuito. Para 75% da população brasileira o SUS é a única opção de assistência à saúde, por isso é importante debatermos suas diretrizes”, alegou a fisioterapeuta.

O prefeito Antônio Carlos Noronha Bicalho destacou que o seu propósito é trabalhar com gestão para fazer o bem para o povo de São Gonçalo. “Grande parte da renda que entra no município é direcionada à saúde. Temos buscado novas iniciativas, com recursos próprios, de melhorias para a saúde, porque sabemos que todo mundo necessita dos serviços.Tenho certeza que as propostas que saírem daqui serão de grande utilidade para São Gonçalo e para o Brasil”, enfatizou Antônio Carlos.

No evento foram elaboradas propostas para a 16º Conferência Nacional de Saúde que será realizada de 4 a 7 de agosto, em Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui