ArcelorMittal promove encontro da Orquestra Filarmônica com jovens do Acordes

Integrantes da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais participaram de um workshop na nesta quarta-feira (12 de junho) com alunos do Acordes na Escola Municipal Israel Pinheiro, em João Monlevade. Na oportunidade, os quatro músicosda Filarmônica:Eduardo Swerts (violoncelo), João Carlos Ferreira (viola), Joanna Bello (violino) e Cássia Lima (flauta)contaram um pouco de suas trajetórias, a importância da disciplina e da metodologia de estudo de música e repassar dicas aos novos talentos do projeto.

Além de um bate-papo entre os jovens e professores com a equipe da orquestra, foi realizada uma apresentação da Camerata Acordes. O projeto é idealizado pela ArcelorMittal e promove o ensino de música erudita em escolas públicas de João Monlevade e Juiz de Fora. A ArcelorMittal é patrocinadora da Filarmônica de Minas Gerais em duas séries de concertos realizadas na Sala Minas Gerais, sede da Orquestra em Belo Horizonte.

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Criada em 2008, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais se apresenta regularmente em Belo Horizonte. Em sua sede, a Sala Minas Gerais, realiza 57 concertos de assinatura e 12 projetos especiais. Apresentações em locais abertos acontecem nas turnês estaduais e nas praças da região metropolitana da capital. Em viagens para fora do estado, a Filarmônica leva o nome de Minas ao circuito da música sinfônica. Através do seu site, oferece ao público diversos conteúdos gratuitos sobre o universo orquestral. O impacto desse projeto artístico, não só no meio cultural, mas também no comércio e na prestação de serviços, gera em torno de 5 mil oportunidades de trabalho direto e indireto a cada ano. Sob a direção artística e regência titular do maestro Fabio Mechetti, a Orquestra conta, atualmente, com 90 músicos provenientes de todo o Brasil, Europa, Ásia, Américas Central e do Norte e Oceania, selecionados porum rigoroso processo de audição.

Projeto Acordes

Criado em 2011 pela Fundação ArcelorMittal e realizado em parceria com o poder público e empreendedores culturais, o Acordesé um projeto de educação musical voltado para crianças e jovens de escolas públicas. A iniciativa contempla o ensino de música erudita nas escolas, contribuindo para o desenvolvimento cultural dos alunos e para a melhoria do desempenho escolar, por meio de ganhos de percepção, atenção e concentração. As atividades incluem aulas semanais de flauta, violino e violoncelo. Trabalho em equipe, companheirismo e a convivência em grupo também são resultados do projeto, que tem como objetivo a formação de uma Camerata Jovem em cada município onde está presente. O projeto Acordes é viabilizado por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (MG).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui