Vereador entrega projeto de utilidade pública para a Associação das Tecelãs de Brumal

O vereador de Santa Bárbara, Ermelindo Ferreira (PSL) foi  ao Centro Cultural de Brumal entregar o projeto aprovado, por unanimidade pela Câmara Municipal, que concede o titulo de utilidade pública à Associação das Tecelãs do distrito. Ele foi recebido pela presidente Maria Geralda Pereira e as tecelãs Celia da Cruz Silva Soares, Maria Anastácia Neri e Dilce Mendes.

Durante a visita, ele destacou as reuniões que teve com os membros da associação para providenciar a documentação. “A gente sabe que para chegar até a aprovação desse projeto o caminho é longo e entregar ele aqui hoje, aprovado por todos os vereadores, é de grande importância, porque tenho acompanhando os trabalhos da associação e em respeito aos seus produtos essa utilidade pública é essencial”, defendeu.

Ermelindo Ferreira disse também que os trabalhos da Associação das Tecelãs expostos em feiras de diversas cidades mostram a qualidade do artesanato de Brumal. “Elas hoje estão com sede própria e agora com a utilidade pública vão poder ter mais apoio financeiro e o reconhecimento ainda mais do trabalho na tecelagem, na arte e manter essa cultura viva. Vou buscar emendas com os deputados para o maior fortalecimento da associação, que realiza um grande trabalho em Brumal e na cidade de Santa Bárbara na geração de renda e emprego”, disse.

A presidente da Associação das Tecelãs agradeceu o apoio e disse que o trabalho será ainda mais fortalecido. “Essa utilidade pública veio na hora certa, porque aqui é uma associação que ajuda e gerar renda familiar. Quem trabalha aqui tecendo tem um papel importante”, disse ela.

Dilce Mendes destacou que a utilidade pública terá uma grande importância para que as tecelãs possam participar de editais em buscas de recursos estadual e federal e da Lei Rouanet. “Essa utilidade pública valoriza todas essas mulheres que atuam aqui no empreendedorismo. Mais uma atitude de reconhecimento dos trabalhos realizados por ela e que a cada dia poderão sobreviver com os recursos próprios”, defendeu.

Funcionamento – Os visitantes poderão adquirir os produtos no Centro Cultural de Brumal de segunda a sexta-feira de 8h às 12h e de 13h as 17h.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA