Dia Mundial do Rim tem ação do Hospital Nossa Senhora das Dores

O Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) promoveu na tarde desta quinta-feira (14) uma intervenção na Feira de Artesanato, no Largo do Batistinha, no Centro de Itabira, que lembrou o Dia Mundial do Rim, celebrado em 13 de março.

Em uma campanha de conscientização, uma máquina de hemodiálise e outra diálise peritoneal foram instaladas em meio a praça para que a comunidade conheça as formas de tratamento das doenças renais. Além disso, colaboradores do HNSD distribuíram panfletos e conversaram com a população sobre os meios de prevenção.

O Dia Mundial do Rim é uma campanha cujo objetivo é aumentar a conscientização sobre a alta e crescente presença de doenças renais em todo o mundo, além de debater estratégias para a prevenção. O lema deste ano é “Saúde dos Rins para Todos”. Em Itabira, 234 pacientes são atendidos com hemodiálise diariamente em três turnos no hospital.

De acordo com o nefrologista e chefe do setor de Hemodiálise do HSND, Marco Antônio Gomes, há uma demanda reprimida de portadores de doenças renais e existe uma necessidade de aumentar a oferta de serviços médicos que curem estas doenças em todo o país.

“Nós sabemos que existe uma camada da sociedade que é privilegiada, aquele que tem condições de comprar a medicação, aquele que tem condições de chegar ao nefrologista e chegar ao transplante, mas nem toda população consegue ter tudo isso. Nós estamos vivendo uma epidemia de doença renal, 10% da população brasileira sofre desse mal. A Sociedade [Brasileira de Nefrologia] foi feliz com esta campanha”, avaliou o médico.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), estima-se que haja atualmente no mundo 850 milhões de pessoas com doença renal decorrente de várias causas. A Doença Renal Crônica (DRC) é responsável por pelo menos 2,4 milhões de mortes por ano, com uma taxa crescente de mortalidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui