Discussão termina com tentativa de homicídio em Alvinópolis

Um homem, de 32 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio por volta das 19h do último domingo (24), na cidade de Alvinópolis.

Segundo a polícia, recebeu a informação de que um indivíduo, de 29 anos, estaria armado com um facão ameaçando pedestres na Rua Guilhermina Moreira, na Vila Manoel Puig.

Quando os militares seguiam para o endereço, foram informados que havia dado entrada no hospital municipal uma vítima de esfaqueamento e que o autor da agressão seria o mesmo homem que ameaçava as pessoas em via pública com um facão.

Para a polícia a vítima contou que estava em casa quando foi chamado pelo autor para conversar sobre um boletim de ocorrência, ocorrido no final do ano passado, onde ele figurava como autor de furto. Ainda segundo a vítima o autor o acusou de tê-lo denunciado para a polícia, o que resultou em sua prisão na época. Ele foi posto em liberdade no último dia 22 e teria ido tirar satisfações com a vítima.

Durante a discussão os ânimos se exaltaram e o autor, de posse do facão, aguardou que a vítima virasse de costas para ir embora e desferiu quatro golpes de facão em sua cabeça, provocando cortes profundos no couro cabeludo, dilaceração da orelha esquerda e um corte profundo próximo ao pescoço. Após a ação o autor fugiu tomando rumo ignorado.

Já na madrugada de ontem (25), com base em informações e de populares através de denúncias anônimas de que o autor estaria pedindo por socorro próximo da residência de seus familiares, os policiais foram para o local mas ele não foi encontrado.

Mais tarde os policiais cercaram a casa de uma tia do autor, onde ele se encontrava, e o homem acabou se entregando.

Segundo a polícia o autor alegou que  estava na garagem preparando suas ferramentas para trabalhar para um cliente, quando foi surpreendido pela vítima que o golpeou nas pernas com uma pedrada e apoderou-se de um pedaço de pau para agredi-lo, momento em que para defender-se, também apoderou-se de um facão e desferiu os golpes nele. Disse ainda que após o fato, fugiu para um matagal onde permaneceu escondido até o amanhecer e posteriormente foi para a casa de seu familiar, onde permaneceu até sua prisão.

Ele também foi levado ao hospital para ser medicado, uma vez que queixava-se de dores devido a agressão sofrida pela vítima. Após ser medicado ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, em João Monlevade.

A vítima da tentativa de homicídio permaneceu internada sob observação médica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui