Explosão: casos de dengue em João Monlevade saltam de 3 para 26

Mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão dos vírus da dengue, febre chikungunya e Zika

Em João Monlevade, nos últimos 15 dias, os casos confirmados e suspeitos de dengue saltaram de 3 para 26, conforme dados levantados pela Secretaria de Estado da Saúde do Estado (SES/MG). Os números constam no último boletim sobre a evolução da doença, divulgado nesta segunda-feira (1º de abril).

Até o momento não há registro de febre chikungunya ou da zika na cidade. Ao longo de 2018, João Monlevade registrou apenas 10 casos de dengue, dois de chikungunya  e um de zika.

O Estado de Minas Gerais caminha para sua quarta epidemia de dengue em 10 anos. Os dados mais atualizados divulgados pela SES mostra uma explosão no número de ocorrências da doença em 2019.

Para se ter uma ideia, nos primeiros 84 dias do ano, a pasta já registrou 81.456 casos da doença, um número 20% maior que a soma de todas as ocorrências de dengue registradas nos últimos dois anos.

De acordo com informações da SES, Minas Gerais viveu três grandes epidemias de dengue, nos anos de 2010, 2013 e 2016.

Além disso, sete pessoas morreram em decorrência da dengue em 2019 e outros 29 óbitos estão sob investigação.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui