Em um dia, Meio Ambiente recebe mais de 10 denúncias de queimadas em João Monlevade

Sem chover há mais de um mês em João Monlevade, o clima seco, a umidade relativa do ar baixa e as temperaturas mais amenas durante a noite e quentes durante o dia, começam a mostrar a cara do inverno desse ano.

As queimadas, que são a principal preocupação nesta também já se mostram intensas nesse início de estiagem, ligando o alerta para os moradores e autoridades.

Para se ter uma ideia, somente nesse quarta-feira (3), a Secretaria de Meio Ambiente recebeu 12 denúncias de queimadas na cidade. Segundo a responsável pela pasta, Fernanda Ávila, os focos ocorreram nos bairros Vale da Serra, Promorar, Campos Elíseos, Aclimação, Lourdes, São João, Amazonas e Beira Rio.

Foco de queimada no bairro Aclimação foi registrado nessa terça-feira

Na manhã dessa quarta-feira (4) também houve registro de queimadas nos bairros Nova Esperança, Lourdes, Nossa Senhora da Conceição e novamente entre os bairros Campos Elísios e Promorar.

As denúncias estão se intensificando desde o lançamento da II edição da Campanha “Monlevade sem fogo é um dever de todos”. Para repassar informações sobre focos de incêndio é preciso relatar o local da queimada – como área, rua, lote – e, se possível, o nome do proprietário. “Na impossibilidade de enviar o número exato, coloque um número próximo. Mesmo não identificado o responsável, agilizaremos junto ao setor de patrimônio da Prefeitura dados do proprietário”, informou Fernanda.

Vale lembrar que a queimada urbana é crime ambiental e proibida o ano todo. Sanções são aplicadas à pessoas pegas em flagrante colocando fogo em qualquer área, e são contabilizadas conforme o tamanho da área, volume de lotes e tipo de material queimado.

Telefones para denúncias: 3852 3151 / 9.8766 5067 / 3859-2571 e 3859-1200

Foco no bairro República

Cursos de capacitação

A realização de cursos de capacitação de voluntários para o combate ao fogo é uma das ações da campanha contra queimadas em João Monlevade. O primeiro deles, de Primeiros Socorros, ocorre nesse sábado (6) na sede do grupo de Escoteiros, no bairro Baú. São 30 vagas e o curso é gratuito. É preciso inscrição prévia na Secretaria de Meio Ambiente.

Abafadores

A campanha “Monlevade sem fogo é dever de todos” é desenvolvida pela Secretaria de Meio Ambiente e tem várias entidades parceiras. Um delas é a  empresa CLB Reciclagem, que irá doar a população 100 abafadores de fogo. O equipamento será usado pelos voluntários no combate às queimadas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui