Governo de Minas manda dinheiro para João Monlevade controlar a dengue

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) publicou, nesta quarta-feira (15), resolução que destina R$ 70 mil para apoiar João Monlevade no controle do Aedes aegypti. O valor será transferidos em parcela única, do Fundo Estadual de Saúde para o Fundo Municipal de Saúde.

Entre as atividades que poderão ser realizadas estão, por exemplo: a contratação de agentes de controle de endemias; capacitações para profissionais na assistência hospitalar; confecção e reprodução de material gráfico informativo; aquisição de material de apoio para ações de mobilização; além de mutirões de limpeza de áreas prioritárias.

João Monlevade está classificado pela SES como município com alta incidência de dengue. Conforme o último boletim divulgado, a doença matou uma pessoa na cidade. Outras três mortes seguem em investigação. Além disso, o número de casos prováveis de dengue no município chegam a 420.

A previsão é a de que até o dia 30 de junho o município seja contemplado com incentivo financeiro complementar, por meio de resolução específica. O procedimento se dará de acordo com a divulgação do Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus.

Para ter acesso ao incentivo financeiro, cada município deve assinar Termo de Compromisso no Sistema de Gerenciamento de Resoluções Estaduais de Saúde (SiG-RES). A assinatura é necessária porque as prefeituras precisam seguir orientações e normatizações na execução dos recursos financeiros.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui