Numa tentativa de solucionar os problemas com atrasos nos repasses do Governo do Estado aos municípios mineiros, a AMM (Associação Mineira de Municípios) chegou a protocolar resposta com informações sobre os débitos na Procuradoria Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais.

O documento contém os valores atualizados dos débitos do Estado com as prefeituras mineiras em relação às transferências de repasses das cotas-partes dos municípios do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

Em números atualizados, hoje, dia 8 de agosto de 2018, o Estado deve à Prefeitura de João Monlevade o montante de R$15.385.572,33 (quinze milhões, trezentos e oitenta e cinco mil, quinhentos e setenta e dois reais e trinta e três centavos).

Com relação à Saúde, a dívida é de R$9.521.944,57; quanto ao IPVA, a dívida é de R$3.858.574,67; a dívida relacionada ao ICMS é de R$1.395.965,72; a dívida do Fundeb é de R$343.643,54; a dívida referente ao Piso Mineiro de Assistência Social é de R$251.064,00; e quanto ao Transporte Escolar, a dívida é de R$14.379,83.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui