Minas registra quatro mortes suspeitas por dengue

Publicidade

Já são quatro mortes suspeitas por dengue em apenas 42 dias em Minas Gerais. O número de casos prováveis, que engloba os confirmados e suspeitos, beira a casa dos 18 mil. Com isso, o estado está em situação de alerta por causa das moléstias transmitidas pelo aedes Aegypti. Os dados fazem parte do boletim epidemiológico divulgado na tarde desta segunda-feira (11) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG).

Em João Monlevade, até o momento, são apenas dois casos suspeitos de dengue. Apesar do baixo registro, a cidade segundo a Vigilância em Saúde, tem risco médio de enfrentar epidemias de dengue, chikungunya, zika e febre amarela em 2019. Fato constatado por meio do Levantamento de Índice Rápido para o Aedes (LIRAa).

A coleta dos dados foi feita no mês passado e apontou que dos 1.523 imóveis vistoriados, 75 deles tinha focos do mosquito e em outros 61, a presença do aedes aegypti foi confirmada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui