Monlevade: seguro-desemprego é nove vezes maior que coloção no mercado de trabalho

O Caged informou também que o salário médio de admissão em 2016 caiu 1,09% em relação ao mesmo período do ano anterior

Com relação ao ano de 2016, entre os serviços prestados pelo CAT/SINE, órgão da Prefeitura de João Monlevade ligado ao Sistema Nacional de Emprego, segundo a coordenadora do lugar, Maria Goretti Silva Navarro, o órgão emitiu 1.995 Carteiras de Trabalho.

No CAT/SINE também é oferecido serviços do Centro de Apoio ao Trabalhador Doméstico, que contou com 83 solicitações. Dessas cinco foram colocações formais no mercado de trabalho e 54 colocações informais.

Ainda segundo Maria Goretti, em 2016 foram encaminhados para empregadores um total de 1.219 trabalhadores, dos quais 420 conseguiram colocações no mercado de trabalho. Na contramão das contratações, Maria Goretti ressaltou que, até o final do ano, houve 3.914 requisições de seguro-desemprego.

Os números seguem dados nacional no qual apontam que o desemprego atinge 12,1 milhões de pessoas. A taxa de desocupação e o contingente de pessoas são os mais altos da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), iniciada em 2012 e foram divulgados a menos de um mês pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os números de desempregados teve um crescimento de 33,1% em relação ao mesmo trimestre do ano passado – o equivalente a 3 milhões de pessoas a mais em busca de trabalho. O contingente de pessoas ocupadas hoje é de 90,2 milhões.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Não sou um robô *