Número de MEI, em João Monlevade, cresce 5,5%

Cidade de João Monlevade (Bell Silva)

Sessenta e cinco por cento dos pequenos negócios mineiros optantes pelo Simples Nacional são Microempreendedores Individuais (MEI). De acordo com um levantamento do Sebrae Minas, com base em dados da Receita Federal, até abril deste ano, dos 1,4 milhão de empreendimentos incluídos no regime tributário simplificado, 953 mil eram MEI.

“Nos últimos anos, houve um aumento significativo no número de MEI, influenciado, principalmente, pelos grandes índices de desemprego, fazendo com muitas pessoas encontrassem no empreendedorismo uma fonte de renda para o sustenta da família”, justifica a analista do Sebrae Minas Viviane Soares.

O estudo mostra ainda que Minas Gerais tem mais que dobro dos formalizados da Bahia (455 mil MEI), e é o terceiro estado em número de MEI no país, atrás apenas de São Paulo (2,2 milhões MEI) e Rio de Janeiro (964 mil MEI).

Além disso, 60% dos formalizados mineiros estão nas regiões Central (348 mil MEI), Zona da Mata e Vertentes (118 mil MEI) e Sul (108 mil MEI) do estado. As cidades com maior número de MEI são: Belo Horizonte (164.922 MEI), Contagem (37.456 MEI), Uberlândia (36.722 MEI), Juiz de Fora (28.971 MEI), Betim (22.134 MEI), Montes Claros (17.798 MEI), Divinópolis (16.220 MEI), Ipatinga (14.809 MEI), Governador Valadares (14.664 MEI) e Ribeirão das Neves (14.632 MEI). Em João Monlevade, o número de formalização de MEI’s aumentou em 5,5%de janeiro a abril (2019), no saldo de formalização.

Os setores de serviço e comércio somam juntos 700 mil formalizados, 73,5% dos MEI no estado. As atividades que lideram o ranking de formalização são: cabelereiro (84 mil MEI), comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (73 mil MEI), obras de alvenaria (47 mil MEI), lanchonetes (26 mil MEI) e bares (25 mil MEI). “Em Minas, as ocupações dos MEI estão relacionadas as atividades de beleza, comércio e alimentação fora do lar”, explica Viviane.

Em relação ao perfil do MEI mineiro, o levantamento mostra que 53% são homens e 47% mulheres. Já nos setores da indústria (56%) e serviços (53%) correspondem juntos mais da metade dos formalizados. Além disso, 54%  dos MEI no estado têm entre 31 e 50 anos.  “Apenas a faixa etária entre 31 e 40 anos concentra 290 mil Microempreendedores Individuais, 30,5% dos MEI no estado”, afirma a analista do Sebrae Minas.

Número de MEI por estado – Até junho/2018
Estados MEI % no total
SP 2.215.266 26,7%
RJ 964.506 11,6%
MG 953.168 11,5%
PR 512.749 6,2%
RS 509.848 6,1%
BA 455.791 5,5%
SC 336.055 4,0%
GO 289.658 3,5%
CE 264.479 3,2%
PE 262.702 3,2%
ES 216.468 2,6%
PA 176.456 2,1%
DF 149.023 1,8%
MT 145.841 1,8%
MS 119.233 1,4%
PB 116.345 1,4%
RN 107.445 1,3%
MA 97.119 1,2%
AL 81.986 1,0%
AM 68.473 0,8%
PI 68.041 0,8%
TO 58.843 0,7%
SE 51.228 0,6%
RO 49.058 0,6%
AP 13.606 0,2%
RR 12.576 0,2%
AC 10.960 0,1%

  

Percentual de MEI por sexo em Minas Gerais – até abril/2019
Setor Masculino Feminino
Agropecuária 85% 15%
Comércio 52% 48%
Construção Civil 95% 5%
Indústria 44% 56%
Serviços 47% 53%
Minas Gerais 53% 47%

  

Atividades com maior número de MEI em Minas Gerais – até abril/2019
Atividade MEI % Total
Cabeleireiros, manicure e pedicure 84.897 9,0%
Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios 73.066 7,9%
Obras de alvenaria 47.950 4,9%
Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares 26.310 2,9%
Bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas 25.488 2,8%

  

Cidades com maior número de MEI em Minas Gerais – até abril/2019
Município
MEI % no total
Minas Gerais 953.168 100,0%
Belo Horizonte 164.922 17,3%
Contagem 37.456 3,9%
Uberlândia 36.722 3,9%
Juiz de Fora 28.971 3,9%
Betim 22.134 3,0%
Montes Claros 17.798 2,3%
Divinópolis 16.220 1,9%
Ipatinga 14.809 1,7%
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui