O que você deve fazer para trabalhar com programação

É verdade que nos dias de hoje saber como criar um blog ou site já não é segredo para ninguém. O surgimento e a popularização de plataformas intuitivas, de fácil instalação e personalização, possibilita que qualquer usuário crie e desenvolva o seu espaço na web.

Apesar das facilidades que essas plataformas, como o WordPress e o Joomla! trouxeram no segmento de construção de sites, não significa que a atuação dos profissionais de programação foi relegada para segundo plano.

Pelo contrário, a presença deles ainda é bastante requisitada para a concepção de sites grandes, que exigem uma atenção maior com o design do layout, a segurança, a responsividade e a navegabilidade.

A profissão de programador é uma das mais requisitadas, seja para a construção de sites altamente profissionais quanto para o desenvolvimento de novas linguagens na web.

Como se tornar um bom programador

Para ser um bom profissional de programação é necessário se aprofundar em alguns conceitos teóricos e práticos que são fundamentais para a área. Conhecer bem pelo menos uma linguagem de programação já é um bom começo.

Maneiras para obter conhecimento sobre o assunto não faltam, pois além de cursos em faculdades, é possível ir atrás também de informações na própria internet. A web é um campo vasto de conteúdo sobre programação.

Há vídeos, bem como blogs e sites especializados no assunto. Há também grupos em redes sociais voltados para a temática da programação. Apesar do farto material, é importante seguir algumas dicas para aprender melhor programação. Vamos ver algumas?

Aprenda inglês

Pois é, como muitos termos técnicos da área da programação surgiram em laboratórios e universidades lá dos Estados Unidos, não estranhe a enxurrada de palavras em inglês que você vai encontrar pela frente.

Além disso, há também muito material didático, sejam vídeos e textos na internet, que trazem informações valiosas a respeito do assunto e são em inglês.

Por isso, antes de se aventurar no mundo das linguagens de programação, exercite também o inglês, pois ele vai ser muito útil para o seu aprendizado.

Tenha um conhecimento estruturado

Tá certo que a internet traz uma enorme quantidade de informações sobre códigos e técnicas de programação, porém de nada adianta assistir vídeos aleatórios no Youtube ou ler blogs voltados para programadores já experientes.

Assim como toda e qualquer área de conhecimento, é importante aprender por etapas, de maneira organizada e assim ir evoluindo.

Por essa razão que a realização de cursos sérios de programação é importante, assim como pedir dicas para programadores que já contam com mais experiência. Ser autodidata é bom, mas a orientação traz também bons resultados.

Nunca deixe de praticar

O conhecimento teórico é fundamental em várias áreas de estudo, mas teoria sem prática se torna inútil e isso vale também para a programação.

Sendo assim, vale a pena praticar os conteúdos que você assimila. Tire, sempre que possível alguns minutos do seu dia a dia para escrever alguns códigos.

Lembre-se: é praticando que você vai aprender o que deve e o que não deve ser feito na hora de utilizar um código de linguagem.

Não opte por uma linguagem difícil logo de cara

Quem começa a pesquisar sobre técnicas de programação normalmente escuta e lê que o JavaScript faz maravilhas, que a C# é dinâmica e possibilita várias ações interessantes.

É até compreensível que, diante disso, programadores ainda inexperientes fiquem ansiosos para aprenderem tais linguagens. Porém, ir direto para elas pode pular etapas importantes no aprendizado.

É por causa disso que o ideal é aprender de maneira organizada e sem atropelamentos. Uma das alternativas, nesse caso, é que os iniciantes mais apressadinhos aprendam a linguagem Python.

A Python é uma das linguagens intuitivas, desenvolvida e planejada de uma maneira que permita que usuários iniciantes criem os seus projetos.

As características das linguagens de programação

E já que a programação é uma tarefa que envolve a utilização de linguagens e códigos bem específicos, vale a pena conhecer algumas características das mais utilizadas hoje em dia pelos profissionais da área.

Python

A já citada Python foi criada no ano de 1991. Ela é uma linguagem de programação que permite efetuar uma leitura fácil dos códigos, bem como possibilita escrever poucas linhas de código quando comparada com outras linguagens.

Ao longo dos anos, assim como a maioria das demais linguagens de programação, foi evoluindo e ganhando vários recursos.

C

É uma linguagem de programação desenvolvida no início da década de 70. Não é à toa que ela é uma das mais populares entre os programadores, já que ela serviu de base para a criação de várias outras linguagens.

HTML

É uma linguagem de programação base para a construção de sites. É possível dizer que ela é um dos requisitos para quem quer aprender a programar. Graças a ela é possível marcar e determinar características dos textos web, como negrito e itálico, por exemplo.

Conclusão

Para vários projetos web, contar com uma boa plataforma e um serviço de hospedagem de sites já são suficientes, porém, para a construção e manutenção de sites mais robustos é importante com profissionais que entendam de programação.

Portanto, quem quer seguir essa carreira, pode encontrar várias oportunidades no mercado, basta estudar e praticar bastante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui