Parlamento Jovem de São Gonçalo realiza Plenária Municipal

Nesta quarta-feira, 13, a Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo, através da Escola do Legislativo, realizou a Plenária Municipal do projeto Parlamento Jovem. A ação faz parte do cronograma de atividades do projeto e tem por objetivo a priorização das propostas elaboradas pelos jovens, após as 13 oficinas de formação sobre o tema “Discriminação Étnico Racial”, que antecederam o evento. Os encontros são realizados todas as quintas-feiras.

As propostas aprovadas pelos estudantes, vão integrar um documento que será entregue ao executivo e legislativo municipal. Estas matérias também serão levadas para a Plenária Regional do Polo Metropolitano II que é composto também pelas cidades de Itabira, João Monlevade, Sabinópolis, Catas Altas, Alvorada de Minas e Conceição do Mato Dentro. Cada cidade apresentará 6 propostas que serão votadas por todos os alunos. A plenária Regional ocorrerá no dia 13 de agosto em Conceição do Mato Dentro. Antes disso, os jovens das 7 cidades se reuniram no dia 6 de agosto em São Gonçalo para discuti-las no grupo de trabalho.

Essas propostas aprovadas pelos alunos do Polo serão levadas para a Plenária Estadual na Assembleia Legislativa em Belo Horizonte no mês de setembro, quando reúnem todos os estudantes das cerca de 100 cidades participantes do PJ.

O secretário da casa Marcos Antônio Bicalho e a vereadora Maria de Lourdes Guedes Barros estiveram presentes no evento e parabenizaram os jovens. Eles ressaltaram a participação dos alunos nas decisões políticas e falaram da importância do projeto e dos resultados positivos que ele alcança.

O presidente da Câmara Flávio Silva de Oliveira parabenizou os jovens pelo trabalho e empenho na elaboração das propostas. “É gratificante ver os jovens cada vez mais engajados nas questões políticas. Sabemos da importância desta formação, e por isto a Câmara de São Gonçalo vem desenvolvendo projetos voltados para os jovens do nosso município”, destacou.

As propostas aprovadas pelos estudantes, vão integrar um documento (Flávio Lial- Acom/CMSGRA)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui