PM prende cinco homens por envolvimento em roubo, tráfico e posse de arma

Materiais apreendidos com os autores durante a operação

Na tarde deste domingo (17) militares das guarnições Tático Móvel, Gpmor (Grupo de Prevenção Motorizada Ostensiva Rápida) e Comando Tático, da 17ª Companhia de Polícia Militar Independente, de João Monlevade realizaram a prisão de cinco elementos suspeitos de envolvimento com roubos, tráfico de droga e posse ilegal de arma de fogo.

De acordo com a polícia, após anúncio do roubo de motocicleta Honda/XR 250, por volta das 14h30, próximo a ArcelorMittal,  no Bairro Centro Industrial, os militares deram início ao rastreamento na tentativa de localizar os autores e recuperar o veículo. A moto roubada foi localizada abandonada no Bairro Baú.

A vítima contou que conseguiu acionar o alarme da moto, o que impediu que os marginais a levassem por muito tempo. Uma testemunha contou para a polícia que os autores estavam em uma moto Honda/Bros e que o garupa, armado com um revólver, rendeu a vítima, um homem de 53 anos,  quando estacionava o veículo

Durante os trabalhos os policias foram informados pela Polícia Militar Rodoviária de Itabira que a moto Honda/Bros, havia sido abordada na Estrada do Forninho com dois ocupantes, um homem de 34 anos e outro de 20 anos, com características semelhantes às dos autores do roubo.

Os militares de João Monlevade foram até o local onde foi encontrada com um dos suspeitos, uma quantia de R$1.175,00, que a princípio um dos rapazes alegou ser para compra de pássaros na cidade de Itabira, mas não soube informar a origem do dinheiro. Um dos detidos, segundo a polícia, é suspeito de um homicídio ocorrido recentemente na cidade.

Suspeitando da versão contada pelo rapaz, os policiais passaram a abordar os veículos suspeitos que seguiam sentido contrário, até que em abordagem ao veículo Siena com placa de Itabira, ocupado por dois indivíduos, um homem de 25 anos e um adolescente de 17.

Durante buscas no carro foi localizado dentro do filtro de ar uma sacola contendo seis pedras grandes de crack. Os autores afirmaram aos policias que viriam para Monlevade para trocar a droga em uma moto roubada.

No celular do autor, de 34 anos, os policias encontraram uma conversa via WhatsApp com outro comparsa, de 20 anos, negociando a venda de uma espingarda calibre 22 e munições. A equipe policial foi até a casa do comparsa dele que acabou assumindo a posse da arma e indicou que havia a escondido na casa de seu primo, no Bairro Novo Cruzeiro, onde ela foi encontrada. Foi localizado ainda uma munição calibre 38 intacta; duas calibre 22, sendo uma intacta e outra deflagrada, além de uma calibre 12 deflagrada.

Os quatro detidos, e o menor apreendido, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, de João Monlevade, juntamente com todos os materiais apreendidos. A moto recuperada foi removida ao Pátio do Detran, bem como os veículos utilizados pelos autores.

Militares que participaram da operação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui