Posse de Bolsonaro nesta terça-feira terá forte esquema de segurança

O presidente eleito criticou repasses de Furnas via Lei Rouanet (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A cerimônia da posse presidencial de Jair Bolsonaro vai ocorrer sob um forte esquema de segurança. Não apenas por terra, mas também no espaço aéreo, que vai ficar a cargo da FAB, Força Aérea Brasileira.

O órgão vai atuar com três níveis de restrição. Nelas, apenas aeronaves autorizadas poderão sobrevoar.

Como o desfile na Esplanada dos Ministérios está previsto para começar a partir das 14h do dia 1º de janeiro; às 12h, as áreas vermelha, amarela e branca da FAB serão acionadas, com as restrições no espaço aéreo.

O voo é proibido na área vermelha, demarcada num raio de mais de sete quilômetros a partir da Praça dos Três poderes (o espaço que fica entre o Palácio do Planalto, o Supremo Tribunal Federal e ao fundo do Congresso Nacional).

Somente duas aeronaves poderão sobrevoar dentro da área vermelha: o helicóptero utilizado pela EBC, Empresa Brasil de Comunicação, para transmissão ao vivo do evento para a TV Brasil e TV NBR; e um avião da FAB, que vai captar imagens para garantir a segurança das pessoas no local.

A área amarela alcança um raio de mais de 46 quilômetros e engloba, inclusive, o Aeroporto Internacional de Brasília.

Para sobrevoar esse espaço é preciso solicitar autorização prévia da FAB.

Dessa forma, todos os vôos previstos para a partir do meio dia do dia primeiro, devem pedir autorização até o meio dia do dia 31 de dezembro. Isso vale para a aviação geral, mas para os vôos comerciais, a FAB informou que não haverá impacto.

Já a área branca não exige autorização prévia, mas o plano de voo tem que ser apresentado à Força Aérea.

As aeronaves que passarem por esses espaços sem autorização serão impedidas pela FAB, que já anunciou a utilização de aeronaves e até mesmo de mísseis antiaéreos.

Ficou definido que o único acesso à Esplanada dos Ministérios vai ser pela Rodoviária do Plano Piloto, por onde passam os ônibus coletivos do Distrito Federal.

Quatro barreiras serão implantadas, o que significa que todas as pessoas que forem assistir ao desfile serão revistadas quatro vezes ao chegarem na esplanada.

Quem for levar alimentos, deve guardá-los em sacos plásticos transparentes, para facilitar a revista.

Além disso, é preciso estar atento aos objetos proibidos no evento: bebidas alcoólicas, fogos de artifício, apontadores de laser, animais, sprays, máscaras, produtos inflamáveis, armas de fogo, objetos cortantes e drones.

Também estão proibidos guarda-chuvas, garrafas, bolsas e mochilas e carrinhos de bebê.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui