Prefeita assina decreto para uso do Parque do Areão; fiscalização será mais rígida

Parque do Areão, em João Monlevade

Está em vigor um decreto assinado pela prefeita de João Monlevade, Simone Moreira (PSDB) que regulamenta o uso do Parque do Areão. O local abriga dezenas de espécies naturais, no coração da cidade.

A intenção da legislação municipal é regulamentar o uso do espaço público, transformando-o em uma unidade de conservação, de forma a proteger e preservar sua biodiversidade, através da construção de uma infraestrutura que suportará as atividades de educação ambiental, ecoturismo, lazer e cultura.

Ainda conforme o documento serão realizadas atividades de revitalização do Parque Areão com intuito de transformar a área em local de referência para a população de João Monlevade. Caberá à Secretaria Municipal de Meio Ambiente fiscalizar o uso do parque e aplicar multas a quem desrespeitar a legislação.

O decreto também divide o Parque do Areão em cinco zonas de uso. Uma delas, a de preservação permanente, onde já ocorreram alterações humanas, mas cuja vegetação natural se encontra recomposta.

Um outro ponto foi denominado zona de uso extensivo e no lugar será feito o manejo para manutenção de um ambiente natural com o mínimo impacto humano para fins educativos e recreativos.

Na terceira parte do Areão está a zona de uso intensivo. A proposta é manter a infraestrutura do parque, onde estará localizado o Centro Cultural, Museu Temático, Playgrounds, Academia ao Ar Livre, Quadras, Churrasqueiras, Praça de Alimentação, Observatório Astronômico entre outros equipamentos públicos.

Nos dois últimos pontos do Areão estão a zona especial, que abriga as áreas necessárias à Administração do Parque e a zona de recuperação, que possui os espaços mais afetados pela ação do homem. Neste ponto, a proposta é desenvolver ações de restauração natural e a futura incorporação da área às demais do parque.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui