A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo comemora o ganho de uma liminar que autoriza o retorno das operações na Barragem Sul da Mina de Brucutu. A Assessoria Jurídica do município entrou com um recurso no Tribunal de Justiça de Minas Gerais depois que foi dado provimento a uma ação que proibia as atividades na Barragem. O ganho do município foi embasado nas alegações de que com a parada da mina haveria grande perda financeira aos cofres públicos na ordem de R$ 230 mil por dia. Também foram usados no pedido liminar laudos da Vale que atestam a estabilidade da Barragem Sul, não havendo necessidade de embargo.

O prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo, Antônio Carlos Noronha Bicalho (PDT), comemorou a decisão. “Comunico a todos que a Mina de Brucutu está Liberada novamente para funcionamento. O retorno das operações foi possível em razão de que protocolamos, por meio da Prefeitura, na semana passada e que foi acatado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais”, escreveu em rede social.

A paralisação das atividades na barragem foi determinada poucos dias após o rompimento da barragem de rejeitos que ficava na mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho. Ocorrida em 25 de janeiro, a tragédia de Brumadinho deixou um saldo de destruição e matou mais de 200 pessoas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui