Rael Alves assume cadeira do vereador Revetrie Teixeira

Rael Alves e Revetrie Teixeira

O comerciante Rael Alves, de 49 anos, será empossado nesta quarta-feira (6), vereador de João Monlevade no lugar do parlamentar Revetrie Teixeira (ambos do MDB). A sessão solene ocorre as 16h30, antes da primeira reunião ordinária do ano do Legislativo monlevadense.

Revetrie Teixeira está afastado de suas funções por tempo indeterminado para tratamento médico. Ele está internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital das Clínicas, em Belo Horizonte, desde que foi diagnosticado com a Síndrome de Guillain-Barré, no início de janeiro.
Segundo informações da Assessoria de Comunicação da Câmara de João Monlevade, Revetrie continua de forma intensiva o tratamento medicamentoso e fisioterápico contra a enfermidade.

Perfil

Rael Alves é casado e pai de três filhos. Desde os 14 anos, trabalha com comércio e se candidatou vereador pela primeira vez em 2016, quando obteve 867 votos. Até o início da semana, Rael trabalhava como funcionário de confiança da prefeita Simone Moreira (PSDB), no transporte de pacientes para tratamento médico em Belo Horizonte, no Ônibus da Saúde. Semelhança com o vereador Revetrie Teixeira.

O parlamentar afastado conseguiu se eleger justamente por trabalhar no ônibus. No entanto, nos últimos meses, Revetrie vinha fazendo críticas ferrenhas à administração de Simone Moreira. É esperado que Rael tenha comportamento oposto ao do seu colega de partido. Como a licença médica de Revetrie não tem data, Rael deve seguir o mandato até à volta dos trabalhos do emedebista.

Expectativa

“Infelizmente não queríamos assumir o mandato assim. Não era o que desejamos. Minha expectativa é trabalhar em prol dos mais carentes da minha comunidade que são os bairros Boa Vista e Cidade Nova. Vou continuar o trabalho que sempre fiz e cobrar melhorarias para a comunidade. Em 2015 consegui a indicação para construir uma creche no Boa Vista, o que me deixou muito feliz. Agora vamos tentar uma área de lazer para o Cidade Nova. O terreno já temos. O Bairro também precisa de uma rede trifásica de energia para a instalação de empresas”, falou o suplente Rael.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui