Rodrigo Maia: conheça o novo presidente da Câmara dos Deputados

O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito no início da madrugada desta quinta-feira (14) o sucessor de Eduardo Cunha na presidência da Câmara. Com 285 votos, Maia venceu em segundo turno o deputado Rogério Rosso (PSD-DF), que era apontado o favorito do Palácio do Planalto para o cargo. Rosso somou 170 votos. Outros cinco parlamentares votaram em branco.

Rodrigo Maia ficará à frente da Câmara até fevereiro de 2017. Em discurso no plenário da Casa, o deputado vencedor destacou sua biografia e se disse pronto para assumir o comando. ?Ofereço a dimensão da experiência que acumulei em quase 20 anos aqui dentro e a correção pela qual pautei minha vida pública?, pontuou Maia.

Rodrigo Maia (DEM) comemora após vencer a eleição para presidente da Câmara dos Deputados
Dida Sampaio/Estadão Conteúdo – 14.7.16

Rodrigo Maia (DEM) comemora após vencer a eleição para presidente da Câmara dos Deputados

Citando a crise econômica que atinge o País e o conturbado momento político pelo qual passa o Congresso, o deputado afirmou que as repúblicas “nunca se consolidam sem a força dos parlamentos”. ?Quando a Câmara é atacada ou mal defendida, é a cada um dos nossos mandatos que atacam?, disse Maia. ?Sei que estou pronto para navegar nessa tormenta, que passará. A Câmara, o Congresso e o Brasil são maiores que qualquer crise?, finalizou.

Trajetória

Formado em Economia, Rodrigo Maia, de 46 anos de idade, é deputado federal pelo Rio de Janeiro há cinco legislaturas. Foi eleito para o primeiro mandato em 1998. Tentou se eleger prefeito do Rio em 2012, tendo Clarissa Garotinho (PR-RJ) como vice.

Maia também ocupou o cargo de secretário de Governo do Rio de Janeiro (1997-1998) e de secretário municipal do Governo do Rio de Janeiro (1996). Antes de chegar ao Democratas (DEM), o parlamentar foi filiado ao PFL e ao PTB. Maia assumiu a presidência nacional do DEM, partido que ajudou a criar, em 2007.

Filho do ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia (DEM), o agora presidente da Câmara integra um bloco informal dos chamados governistas independentes ? a antiga oposição ao governo. 

Maia chegou ao primeiro turno da votação desta quarta-feira com o apoio das bancadas do PSDB, DEM, PPS e PSB. Após ser o mais votado na primeira votação, com 120 votos, o candidato democrata conseguiu garantir o apoio dos parlamentares do PR, do PDT, do PCdoB e do PTN durante o intervalo de pouco mais de uma hora entre as duas votações.

Na Casa, Maia votou a favor da admissibilidade do processo deimpeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff. O deputado também votou a favor da proposta de emenda à Constituição (PEC) que previa mudar a maioridade penal de 18 para 16 anos em caso de crimes graves.

Em 2015, foi presidente e relator da proposta de reforma política. É presidente da Comissão Especial da DRU (Desvinculação das Receitas da União). Atualmente, é membro efetivo das comissões de Finanças e Tributação.

* Com informações da Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui