Tito Torres, lideranças do médio piracicaba e representante do Dnit discutem situação da BR-381

O encontro foi realizado nesta quarta-feira (20)

Obras paralisadas na BR-381 motivaram reunião na Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), nesta quarta-feira (20), solicitada pelo deputado Tito Torres (PSDB), com a participação do vice-prefeito de João Monlevade, Fabrício Lopes e várias lideranças do Médio Piracicaba. O coordenador de engenharia do órgão, Sérgio Garcia, garantiu que as obras serão retomadas em breve e falou sobre vários outros pontos, como a questão das concessões, situação da rodovia e os entraves jurídicos e burocráticos que estão atrasando as obras.

Segundo Garcia, a paralisação foi necessária devido ao período chuvoso e ao aumento do tráfego durante as férias. Nesse tempo, se dedicaram a cuidar de questões ambientais e do planejamento. Ele garantiu que as obras serão reiniciadas o quanto antes, inclusive as do trecho de Caeté a São Gonçalo, que corresponde ao lote 7. Garcia informou que o prazo para entrega desse lote, totalmente finalizado, se encerra em 31 de dezembro desse ano.

Tito Torres aproveitou para reforçar o desejo de que o trecho da rodovia, de Nova Era a São Gonçalo, passe por João Monlevade. “Os estudos de viabilidade estão sendo feitos com previsão de conclusão em meados do ano que vem, como informou o Sérgio. Isso nos dá esperança de ter a rodovia passando pelo município”, explica o deputado.

“Nos desvios, as mudanças de faixas estão muito perigosas. A sinalização também não está adequada, sem falar dos buracos em vários trechos”, alertou Tito Torres. Segundo o representante do Dnit, o contrato com a empresa responsável pela manutenção se encerrou em janeiro e por questões legais e orçamentárias, próprias do período de transição de Governo, ainda não foi prorrogado.

Ainda de acordo com Sérgio Garcia, sete frentes de terraplanagem estão bloqueadas por processos ajuizados, sendo que as desapropriações são as que mais interferem. Ele também afirmou que as concessões são viáveis devido ao alto volume de tráfego.

Participaram da reunião os prefeitos Diquinho (Ferros), Leris Braga e Alcemir (prefeito e vice de Santa Bárbara) e Fabrício Lopes (vice-prefeito de Monlevade). Os vereadores de Itabira, Neidson, Decão e André Viana, também estiveram presentes, além de representantes de outros municípios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui