O monólogo Mariana conheceu o mar, da atriz Isabela Viana, representará a cidade de Poços de Caldas

O primeiro Festival de Empreendedorismo Cultural da região, de abrangência estadual, produzido pelo Grupo Carla Lisboa – Negócios Criativos e Culturais, de João Monlevade, selecionou 11 atrações (propostas) para serem apresentadas entre os dias 19 a 21 de março. O evento trará atrações musicais, teatrais e de dança com performances de artistas e grupos artísticos de cidades mineiras e local.

A abertura do evento acontecerá na sexta-feira, 19 de março, a partir das 19 horas, com a participação do multi-artista Yuri Drumond. Todas as atrações serão transmitidas pelo YouTube no canal do festival 7 Faces Multicultural. As oficinas e painéis serão transmitidas via Zoom, e os interessados em participar poderão se inscrever a partir do dia 11 de março. Todas as informações para inscrições estarão disponíveis no link: https://gramlink.co/grupocarlalisboa. As vagas são limitadas.

A programação completa do festival, com datas e horários de todas as atrações estarão disponíveis no site www.grupocarlalisboa.com.br/7facesmulticultural a partir desta sexta-feira, dia 12.

De acordo com a produtora cultural Carla Lisboa, responsável pela primeira edição do festival, o mesmo recebeu 152 propostas válidas, sendo 19 de teatro, 17 de painel, 53 oficinas, 54 musicais e 9 de dança, de diversas cidades mineiras, como Itabira, João Monlevade, Belo Horizonte, Betim, Contagem, Juiz de Fora, Mariana, Ouro Preto, Patos de Minas, Uberlândia, entre outros, e a curadoria foi feita por profissionais experientes em cada categoria. 

O espetáculo teatral Ignorância, do grupo Quatro los cinco, representará a capital mineira

CONHEÇA AS ATRAÇÕES SELECIONADAS – 1º 7 FACES MULTICULTURAL

Música:

  1. Dama-Triz (Betim)
  2. Lizandra (Patos de Minas)
  3. Marcos Ruffato (Belo Horizonte)

 

Teatro

  1. Isabela Viana (Poços de Caldas)

Monólogo: Mariana conheceu o mar

  1. Grupo Quatroloscinco (Belo Horizonte)

Espetáculo: Ignorância

 

Dança

  1. Ítalo Augusto (Serra)

“Desenho em movimento”

  1. Carina Marinho (Sete Lagoas)

“Espetáculo CorpoVirus – dança contemporânea”

O poeta monlevadense Wir Caetano, apresentará o painel 20 minutos – Da melodia à letra

Painéis

  1. Thaynã Fernandes (Paula Cândido)

Elaboração de projetos para Fundo Estadual de Cultura – FEC

  1. Wir Caetano (João Monlevade)

20 minutos de fama – da melodia à letra

Oficinas

  1. Thaís Andressa (São João Del Rey)

Oficina: A fotografia e o olhar poético sobre o cotidiano

  1. Vanessa Garcia (Uberlândia)

Oficina: Iniciação à carreira profissional artística

Adaptação

Carla Lisboa, que também é atriz e gestora cultural, explica que apesar de ter mais de 11 anos de experiência na área, sendo oitodeles dedicados exclusivamente à cena independente, vive um momento novo em sua carreira. “É uma experiência nova pra mim, por ser um evento 100% online. É a primeira vez que me envolvo na produção de um evento neste formato e confesso sentir a falta de alguns processos, aquela sensação de “parece que estou esquecendo de algo”, mas esse desconhecido, esse “reaprender” também me encanta. Aliás, essa é uma das principais características pra quem quer se sair bem e se destacar no mercado cultural: o poder de adaptação”, garante ela.

Premiação 

Sobre os valores a serem pagos a cada apresentação, Carla conta que serão distribuídos em forma de premiação, sendo: apresentações musicais: R$800,00; Apresentações de dança: R$800,00; Apresentações de teatro: R$800,00; Oficinas: R$700,00 e painéis e workshops: R$700,00, totalizando R$8.400,00 em premiações.

Vale ressaltar que o festival é realizado por meio dos recursos obtidos através da Lei Emergencial Aldir Blanc, do Governo Federal.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui