A solenidade de passagem de comando foi presidida pelo Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Helbert Figueiró de Lourdes. Foto: Acom/PMMG

O Coronel Marcos Ângelo Vieira Júnior assumiu nesta quinta-feira, 08, o comando da 12ª Região da Polícia Militar, durante solenidade no pátio do 14º Batalhão, em Ipatinga. O Coronel Edvanio Rosa Carneiro deixou o comando da RPM e foi para a reserva altiva, após 30 anos de serviços prestados a Corporação.

O comandante geral da Polícia Militar, Coronel Helbert Figueiró de Lourdes, presidiu a solenidade. Ele estava acompanhado do subcomandante geral, Coronel André Agostinho Leão de Oliveira, e do chefe do gabinete militar do governador, Coronel Fernando Antônio Arantes. Em seu discurso, o Coronel Helbert agradeceu todo o empenho do Coronel Edvanio nos anos de serviço prestado e colocou para o novo comandante da RPM, a responsabilidade de assumir uma Região tão importante e que vem apresentando resultados positivos no combate a criminalidade.

De acordo com o comandante da 12ª RPM, Coronel Marcos Ângelo, assumir uma Região que tem em uma sua área de abrangência 97 municípios é uma responsabilidade grande, o objetivo é dar continuidade a boas estratégias e implementar novas, para reduzir os crimes. “O crime violento, em especial é o que mais incomoda a comunidade. Hoje não se consegui fazer segurança pública sozinho, precisamos de todos os órgãos e da comunidade. Vamos buscar nos aproximar ainda mais da sociedade, trocando informações, para conseguirmos bons resultados. Conto sempre com a minha tropa, de bravos guerreiros”.

Em seu discurso, o Coronel Marcos Ângelo, falou sobre a nova empreitada e de sobre a necessidade de manter os números positivos de redução da criminalidade. Fotos: Acom/PMMG

Em sua despedida, o Coronel Edvanio, falou sobre as dificuldades que enfrentou ao longo da carreira e da sensação de dever cumprido. “Na Polícia Militar aprendi somente valores positivos, não apenas do ponto de vista profissional, mas também como ser humano. Esses valores coloquei no meu trabalho, o comandante é apenas um elo, sempre contei com valorosos profissionais, na missão de prover a segurança pública. Momentos de dificuldade foram vários, mas temos que estabelecer estratégias. Estou feliz, saio leve, tranquilo e com a consciência de ter feito o meu melhor”.

A cerimônia foi finalizada com um desfile da tropa, em homenagem ao novo comandante.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui