Brasil é o país com maior prevalência de depressão da América Latina e o segundo com maior prevalência nas Américas, ficando atrás somente dos Estados Unidos, que têm 5,9% de depressivos

O Núcleo de Atenção Integral à Saúde (NAIS) da 12ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais com o apoio do 11º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar e, seções de Comunicações Organizacional do 14º BPM e 58 Batalhão, promoveu nesta sexta-feira, 25, mobilizações no Centro de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo, alusivas ao “Janeiro Branco”, que é uma campanha que pretende chamar a atenção da sociedade para a saúde mental.

De acordo com a OMS – Organização Mundial de Saúde – o Brasil é o país com maior prevalência de depressão da América Latina e o segundo com maior prevalência nas Américas, ficando atrás somente dos Estados Unidos, que têm 5,9% de depressivos.

A 1ª Tenente BM Luciana Silveira Assunção, psicóloga do NAIS, relatou sobre a criação da Campanha, a qual foi idealizada por um psicólogo, uma vez que o mês de janeiro, por ser início do ano, é um momento oportuno para repensar práticas, comportamentos e qualidade de vida. “Queremos alcançar o reconhecimento das pessoas para cuidarem melhor dos sentimentos, emoções e suas relações interpessoais”, comentou a Tenente. 

Durante este mês foram realizadas ações relacionadas ao tema, palestras para o público interno da Polícia Militar e Bombeiro, além da mobilização nas três cidades com intuito de levar conhecimento à sociedade, bem como mostrar os serviços ofertados pelos municípios, tanto na prevenção, na qualidade de vida e em caso de adoecimento. 

Em Ipatinga, a abordagem ocorreu na Praça 1º de Maio, no Centro da cidade, com a participação especial da Banda de Música da 12ª Região que, com muita alegria realizou a abertura do evento, chamando a atenção para o movimento. Foram distribuídos panfletos informativos à comunidade sobre a campanha “Janeiro Branco”.

Já em Coronel Fabriciano, na Praça da Estação, além da Banda de Música da RPM, o evento foi marcado pela apresentação da Corporação Musical Nossa Senhora Auxiliadora. Membros do Programa Vivaidade e da Guarda-Mirim proporcionaram aos presentes lindas apresentações de dança. Participantes do “Projeto Ressignificando Vidas” expuseram seus trabalhos.

Para finalizar em Timóteo, a concentração ocorreu na Praça 1º de Maio, profissionais dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS e CREAS), psicólogos autônomos, sendo realizada uma blitz, com o auxílio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, na Alameda 31 de outubro. A Banda de Música da 12ª RPM e uma animada aula de zumba, com uma professora da cidade, fecharam o evento.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui