Serão realizadas Missas online em paróquias de João Monlevade, Itabira e Ipatinga. Foto: Divulgação

Com o tema – Para que possas contar e fixar na memória – (Ex 10, 2). A vida faz-se história, o Papa Francisco dedicou a mensagem deste ano ao tema da narração.

No próximo domingo (24) será comemorado o 54º Dia Mundial das Comunicações Sociais (DMCS), data que coincide, conforme a tradição da Igreja Católica em todo o mundo, com a celebração da Solenidade da Ascenção do Senhor.

Em mensagem divulgada por ocasião deste Dia Mundial das Comunicações Sociais, o papa Francisco reflete sobre a narração, sobre a importância das histórias na vida dos homens. Por isso, a edição do DMCS 2020 se desenvolverá sob o tema “Para que possas contar e fixar na memória. A vida faz-se história”.

O Pontífice ainda assinala na mensagem que “para não nos perdermos, precisamos de respirar a verdade das histórias boas: histórias que edifiquem, e não as que destruam; histórias que ajudem a reencontrar as raízes e a força para prosseguirmos juntos”.

Em tempos de pandemia do Covid-19, a Diocese de Itabira-Cel. Fabriciano, em conjunto com o seu Departamento de Comunicação, com o apoio da Pastoral da Comunicação (Pascom), organizou uma programação virtual de três dias com transmissões on-line de Missa e de uma Live, a começar nesta sexta-feira (22), com a transmissão da primeira Missa, às 17h, pelo perfil da paróquia Nossa Senhora Aparecida , de Ipatinga.

Já no sábado (23), as transmissões serão às 15h, com a Missa Facebook da paróquia Nossa Senhora da Conceição, de João Monlevade; e, às 16h, pelo Instragram da Diocese de Itabira-Fabriciano (@diocesedeitabira), ocorrerá uma Live sobre a temática do 54º DMCS, com o padre Sandro Henrique, da Diocese de Guaxupé.

Encerrando as comemorações, no domingo (24), às 07h, pelo Facebook do Santuário São Geraldo Majela de Itabira, será transmitida a Missa pelo Dia Mundial das Comunicações Sociais.

Para o coordenador diocesano da Pascom, Peterson Machado (Foto), mesmo diante do atual momento vivido, é necessário celebrar com alegria, esperança e intensidade estes dias propostos. “O comunicador também precisa se manter espiritualmente fortalecido, pois ele também é um contador de histórias. Com fé, o comunicador garante a continuidade de uma narração viva nos dias atuais, nas famílias e sociedade”, pontua.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui