As denúncias partiram do vereador Belmar Diniz (PT)

Mais uma vez, o bairro Planalto, em João Monlevade, é alvo de denúncia. Desde a entrega do residencial com 832 casas populares do programa do governo federal Minha Casa, Minha Vida, o local acumula uma série de problemas. Além da estrutura das moradias, que já foi alvo de críticas, beneficiários reclamaram também de invasores.

Dessa vez, o alvo das denúncias é o abandono de algumas casas. Com foto em mãos, o vereador Belmar Diniz (PT) tornou a situação pública durante a reunião da Câmara na última quarta-feira (22). O parlamentar apontou que cerca de 30 residências estão abandonadas. Algumas delas depredadas, destruídas e sem condições mínimas de moradia. “Isso é um bem que poderia estar beneficiando moradores de João Monlevade”, destacou Diniz que completou: “a medida da fiscalização vamos descobrindo mais irregularidades. Pode haver mais casa, mais do que 30. A gente sabe que é desejo de muitas pessoas terem uma dessas casas”.

O abandono, ainda segundo o vereador, tem causado temor aos vizinhos. “Existe a insegurança de uma pessoa que tem uma casa abandonada ao lado dela e que a qualquer dia e a qualquer hora pode ser invadida”, ponderou Belmar.

A Prefeitura de João Monlevade está ciente da situação, fez levantamento dos problemas no final do ano passado e remeteu relatório para a Caixa em João Monlevade – responsável por gerir contratos das moradias. No entanto, nenhuma providencia foi tomada até o momento. “A Prefeitura depois que pegou as informações do abandono, chamou as pessoas para conversar e ouviu as justificativas. A demanda foi encaminhada para a Caixa desde outubro do ano passado. Até hoje, a Caixa não se manifestou para a Prefeitura”, enfatizou.

Diante do fato, Belmar Diniz sugeriu que uma comissão cobre providências da gerência do banco em Governador Valadares. O presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD) afirmou que a Comissão de Habitação da Casa também irá entrar no caso.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui