Acazump realiza o primeiro batizado de Capoeira do Projeto Social implantado na cidade

Mais de 240 alunos participam do projeto social da Acazump, em João Monlevade

Foi realizado no último domingo (30), o primeiro batizado de capoeira do projeto social Acazump (Associação de Capoeira Zumbi dos Palmares), dos bairros Laranjeiras e Santo Hipólito, em João Monlevade.

O projeto idealizado pelo mestre Café, que pratica a arte há 35 anos, completou este mês 30 e atende atualmente mais de 240 crianças na cidade. A meta, segundo o capoeirista, é aumentar ainda mais esse número. “Mesmo com muita dificuldade, mas com amor pela arte, essa foi mais uma realização dos seus sonhos. Sempre com muita humildade e respeito e acima de tudo um trabalho sério, a Acazump vem colhendo os frutos que plantou. Como dizia o mestre Pastinha “a capoeira é tudo que a boca come “e o mestre Bimba, “a capoeira é para todos mas nem todos são para capoeira “. Quem não senta para aprender não levanta para ensinar. A capoeira leva tempo e dedicação, nós da Acazump agradecemos a presença de todos que compareceram e contribuíram para realização desse evento. Seguiremos em frente com esse legado e um aprendizado contínuo da nossa arte, a arte da capoeira,  sobre a coordenação nossa (Café) e do professor Berrero”, disse.

O evento contou com as presenças de mestres renomados da arte das cidades de Belo Horizonte, Betim, Itabira, além de contra mestres, professores, instrutores, estagiários a instrutores, graduados e alunos da Acazump.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui