Comandante da 12 RPM durante visita à João Monlevade

Na manhã desta quinta-feira (5), a 17ª Companhia da Polícia Militar Independente de Polícia Militar, em João Monlevade, recebeu a visita do Coronel Sérvio Túlio Mariano Salazar Ele é assumiu o comando da 12ª Região da Polícia Militar (12ª RPM) em fevereiro desse ano e veio à cidade, pela primeira vez, para conhecer a situação operacional e administrativa da polícia local, nos moldes previstos pela Inspetoria Geral da Polícia Militar.

Coronel Salazar esteve acompanhado de outros militares, inclusive policiais que já comandaram a unidade de Monlevade e que hoje atuam em Ipatinga.

Durante o encontro com o tenente-coronel Fábio Barcelos, comandante da 17ª Cia. Ind, foram apresentados os números obtidos, nos últimos meses, referentes a criminalidade na área da Companhia, que é responsável por 10 cidades.

Através desses números é possível coordenar atividades para reduzir alguns índices, que por ventura estejam fora dos parâmetros normais da corporação.

Em entrevista, Coronel Salazar falou sobre a diminuição da criminalidade na região da 17ª Cia. Ind. “A Companhia tem apresentado números compatíveis, inclusive em comparação com outras unidades da PM em todo o Estado com redução criminal. O trabalho que vem sendo realizado aqui é um trabalho bem feito com um comando bem forte com o Tenente- Coronel Barcelos. As diretrizes em todas as áreas da Polícia Militar são as mesmas e os comandantes das unidades tem toda a liberdade para implementar as estratégias que eles entendam que sejam as melhores em casa região. E isso tem sido muito bem feito aqui. Os números na unidade são muito desafiadores, as metas são difíceis, considerando que nos anos anteriores nos vimos uma sequência de redução criminal, mas a unidade, mesmo com essas metas desafiadores, tem reduzido ainda mais esses índices”, disse.

Com relação ao efetivo da 17ª Cia. Ind., o oficial disse que há uma previsão para o aumento de militares com abertura de novos concursos feitos pelo Estado. “O Estado vivi um momento difícil e o Comando Geral da PM está acompanhando isso de perto, e tem levado as nossas necessidades ao Governo do Estado e temos sido atendidos em muitos pleitos nossos, e o Curso de Formação de Soldado, que houve uma interrupção que seria realizado este ano, já tem data marcada para o início do ano que vem. Ainda há uma expectativa, mas isso vai depender da condição financeira do Estado, de ter uma antecipação do início desse curso, que está programado para o mês de maio. Mas isso ainda vai depender de uma tratativa junto ao Governo. Temos uma dificuldade de efetivo, mas nada disso nos impede de fazer o melhor trabalho possível e cada policial militar tem se dedicado no seu trabalho”, pontuou.

A reunião ocorreu na sede da PM no Bairro Belmonte
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui