Acusado de feminicídio e estelionato é preso em Itabira; homem tentou se matar

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia Regional de Itabira, efetuou a prisão de E.C.B, 46 anos. O homem é acusado de estelionatário e feminicídio, já que matou a mulher a facadas. O acusado estava na casa dele no Bairro Juca Rosa, em Itabira.

Quando os policiais chegaram ao apartamento para cumprir a determinação judicial, E.C.B se trancou e ignorou o chamado dos investigadores. A porta do apartamento precisou ser arrombada e E. foi localizado caído dentro do banheiro inconsciente, com uma faca em sua mão.

Imediatamente uma equipe do SAMU foi acionada e os socorristas ao chegarem ao local conseguiram conversa com o indivíduo, que estava pouco responsivo, porém o mesmo conseguiu relatar que havia ingerido diversos comprimidos, em seu pescoço tinha um corte pequeno provavelmente feito por ele com a faca.

Diante dos fatos ele foi preso e encaminhado para o Pronto Socorro Municipal de Itabira sob escolta policial, onde recebeu atendimento médico e após receber alta seria encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e posteriormente para o presídio de Itabira, onde deverá cumprir a pena.

Crimes

O conduzido é alvo de dois mandados de prisão: o primeiro, da Comarca de Itabira, se refere à condenação de 8 anos de prisão pela prática de receptação, uso de documento falso e falsificação de documento público, delitos que foram investigados em Inquéritos Policiais que transcorreram nesta Unidade Policial.

E.C.B é conhecido no meio policial pelo envolvimento em diversos estelionatos na região, sempre envolvendo falsificações de documentos.

O segundo mandado trata-se de prisão preventiva representada pela Delegacia de Matipó (Delegacia Regional de Manhuaçu) em Inquérito Policial que apura feminicídio tentado ocorrido em 14 de outubro desse ano, na cidade de Santa Margarida. Na ocasião, o autor desferiu diversas facadas em sua companheira após entrarem em atrito, evadindo-se do local em seguida.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui