Acusado de matar por conta de colete senta no banco dos réus nesta quinta

Dando seguimento à semana de juris popular no Fórum de João Monlevade, nessa quinta-feira (15), o corpo de jurados formado por cinco mulheres e dois homens, julgou Webert Fernando de Souza. Ele é acusado de matar a facadas Duilio Danilo de Castro Oliveira. O crime aconteceu em fevereiro do ano passado. [Relembre o caso aqui].

Webert foi condenado a seis anos e oito meses de prisão em regime fechado. Uma irmã da vítima se exaltou após a leitura da sentença e precisou ser contida pela Polícia Militar.

Webert foi preso dias após cometer o crime, em Belo Horizonte e foi trazido para o presídio de João Monlevade.O defensor público Bruno Braga Lima atuou no caso. A promotoria ficou a cargo de André Leite de Almeida e o julgamento foi conduzido por Rodrigo Braga Ramos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui