A Polícia Militar de João Monlevade registrou por volta das 21h30 de ontem (19), o quinto homicídio do ano na cidade, onde a vítima Vítor Henrique Ferreira Silva, 17, foi executado a tiros na Rua Andes, no Bairro Promorar na presença da mãe dele.

Quando os militares chegaram ao local depararam com o corpo da vítima na sala em meio a uma poça de sangue e com perfurações na cabeça, provenientes de disparos de arma de fogo.

A polícia conseguiu informações dando conta de o autor seria um homem alto, forte e moreno, que na ocasião trajava jaqueta de brim da cor cinza, calça jeans e com uma touca ninja mostrando somente os olhos e com uma arma na mão.

Uma testemunha disse para a polícia que, provavelmente, o autor teria chegado e saído por um caminho situado em um pasto nos fundos da residência da vítima que da acesso à Rua Itatiaia.

O local foi isolado e preservado até a chegada da Perícia Técnica da Polícia Civil, que durante os trabalhos constatou pelo menos cinco perfurações na cabeça da vítima.

Após os trabalhos o corpo foi removido e levado para o necrotério do Cemitério do Baú.

A polícia acredita que o crime possa estar relacionado a acerto de contas. Foi realizado rastreamento, mas nenhum suspeito foi preso.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui