PM abordou vários adolescentes no último final de semana na avenida Castelo Branco

Sem atrativos de diversão em João Monlevade nos finais de semana, uma cena tem chamado atenção de frequentadores de bares e restaurantes que ficam ao longo da avenida Castelo Branco: os “rolezinhos” de adolescentes.

Os rolezinhos são encontros simultâneos de centenas de pessoas em locais como praças, e parques públicos. Os jovens se reúnem no canteiro central da avenida e por lá ficam até a madrugada.

Comerciantes afirmam que no meio dos jovens, há crianças de 10 e 11 anos. Sem fiscalização, eles consomem bebidas alcoólicas livremente. Alguns são vistos com latas de bebidas nas mãos. Outros, para não chamar tanta atenção, usam os chups chups alcoólicos no passeio. Além disso, tem sido constante o flagra dos adolescentes fumando e até fazendo uso de drogas em locais com pouca iluminação.

“Estamos assustados com tamanha libertinagem”, disse um comerciante. Segundo ele, a equipe do Juizado de Menores já foi comunicada sobre o assunto, mas até o momento nenhuma ação concreta foi realizada.

Segundo a Polícia Militar, o monitoramento da avenida castelo Branco tem sido intensificado. No entanto, o encontro dos adolescentes ao logo da via não constituem crime e a ação da PM somente pode ocorrer a partir de fatos ilícitos como uso ou tráfico de drogas, exploração sexual, venda de bebidas alcoólicas para menores ou a perturbação do sossego. Portanto, qualquer ação ilícita deve ser denunciada através do 190. É garantido o sigilo da identidade do denunciante.

No último final de semana, os militares abordaram dezenas de adolescentes que estavam na avenida Castelo Branco, sem a presença de responsáveis. O resultado da operação não foi divulgado.

Com informações: O Celeste

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui