Agentes da SEAP encontraram drogas e celular em Presídio de São Domingos do Prata

A suspeita é de que o detento estaria comandando o tráfico de drogas de dentro da unidade

Apenas um detento conseguiu fugir. Foto: arquivo/O Popular

Agentes da Secretaria de Estado de Administração Prisional (SEAP), que atuam no Presídio de São Domingos do Prata apreenderam nesta quarta-feira (20), durante vistorias nas celas da unidade, 04 telefones celulares, todos com acesso à internet, dois tabletes de maconha e um pino de cocaína.

Segundo o diretor unidade, Márcio Pedro Alves, após tomar conhecimento através do comandante da Polícia Militar na cidade, de que um dos detentos estaria recebendo drogas e se comunicando com traficantes do meio externo por telefone, foi montada uma operação para localizar os entorpecentes e os aparelhos. “Fizemos o monitoramento do suspeito e descobrimos que além dele estar recebendo drogas, estaria mantendo contato com traficantes, via celular, e movimentando o tráfico. Esse monitoramento durou cerca de 15 dias”, disse Márcio Pedro.

Ainda segundo o diretor havia a suspeita de que o horário de visitas dessa quarta-feira (20), poderia ser usado para entrada de mais drogas na unidade. Depois da saída dos visitantes, foram realizadas buscas em todas as celas e dentro de uma delas, utilizada pelo suspeito, os agentes localizaram todos os materiais que foram apreendidos. Para não atrapalhar novas investigações o nome do detento não foi revelado.

“Não podemos admitir que depois de preso, ele continue mantendo o movimento de tráfico de drogas de dentro de uma prisão. A Polícia Militar da cidade faz um excelente trabalho e é nosso dever dar continuidade a ele aqui na unidade”, finalizou o diretor.

Ainda segundo o diretor, o detento agora terá que responder por mais esse crime perante à Justiça.

Márcio Pedro Alves, após tomar conhecimento através do comandante da Polícia Militar na cidade, de que um dos detentos estaria recebendo drogas e se comunicando com traficantes do meio externo por telefone, foi montada uma operação para localizar os entorpecentes e os aparelhos

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui