Animais ganham tratamento adequado em canil de Barão de Cocais

O Canil contratado pela prefeitura de Barão de Cocais completou seis meses de atuação e segue com o trabalho de cuidado aos animais de pequeno porte resgatados nas ruas da cidade. Cerca de 100 animais, cães e gatos estão no local, alguns sofreram com maus tratos, foram vacinados, castrados e recebem tratamento adequado.

“Todos os animais recolhidos, assim que chegam são examinados, recebem vacina antirrábica e vermífugo”, explica Lucas Vieira Assis, proprietário do canil que completou: “eles passam por uma triagem feita pelo médico veterinário, são identificados por foto e também recebem um cartão vacinal ”, destaca Assis.

Para melhor acolhimento um sistema de separação dos bichos é feita pela empresa.
“ Temos uma forma de separação dos cães, depois de analisados eles seguem para o pátio e separados entre, machos , fêmeas, filhotes e animais em tratamento contra alguma doença. Dessa forma o atendimento tem um melhor resultado, funcionários cuidam diariamente da limpeza e alimentação dos cães e gatos”, explica Lucas. (um ‘gatil’) também faz parte da estrutura.

De acordo com o contrato em vigor a empresa tem responsabilidade na apreensão, transporte e armazenamento dos animais capturados.

DOAÇÕES

Após um período de 10 dias o animal (cão ou gato), que não for resgatado é encaminhado para adoção. Além do trabalho realizado o canil também organiza divulgação de fotos dos animais e feiras de exposição para doação.

Para retirada do canil o dono deve comparecer ao balcão da prefeitura e solicitar uma guia de pagamento referente a taxa de apreensão. Daí, apresentar o comprovante de pagamento no local onde aquele animal está apreendido. O proprietário deverá levar uma cópia de seus documentos pessoais (Identidade e CPF) e comprovante de endereço.

O canil está localizado no Sítio GW – Comunidade da Valéria na MG 129, próximo a Catas Altas, distante cerca de 20 KM de Barão de Cocais. Para mais informações e pedidos de recolha de animais o cidadão deve entrar em contato pelo 3837 – 7645, telefone do Departamento de Vigilância Sanitária e Zoonoses .

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui