Artistas apresentam pinturas a óleo em exposição conjunta no BDMG Cultural

Belo-horizontinos abrem a temporada 2016 do programa Mostras BDMG. Obras ficam expostas até o dia 2 de novembro

Na próxima sexta-feira (30/9), o BDMG Cultural inaugura a temporada 2016 do seu programa de artes visuais, Mostras BDMG. Quem abrirá esta nova edição serão os artistas Lucas Emanuel e Sabrina Hemmi, selecionados pela comissão julgadora. A dupla apresentará pinturas a óleo, em exposições que compartilharão o mesmo espaço.

A abertura será realizada na Galeria de Arte BDMG Cultural, às 19h. A exposição estará aberta à visitação de 1º de outubro a 2 de novembro, diariamente, de 10h às 18h, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Às quintas-feiras, a galeria funciona em horário estendido, até às 21h.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

Este ano, os responsáveis por selecionar os dez artistas que apresentarão suas exposições na Galeria de Arte BDMG Cultural foram Marco Paulo Rolla, Patrícia Franca Huchet, Sandra Bianchi e Tibério França.

A temporada seguirá de setembro de 2016 a julho de 2017, com trabalhos em diferentes técnicas e temas. “Levamos em consideração a diversidade das propostas e o equilíbrio de linguagens para gerar maior interesse do público”, afirma Marco Paulo Rolla.

Ao todo, foram escolhidas duas obras individuais e cinco coletivas. Algumas coletivas, como no caso de Lucas Emanuel e Sabrina Hemmi, foram opção da comissão julgadora. “Este ano foram muitas inscrições e tivemos que escolher essas coligações para contemplar um maior número de artistas, respeitando, é claro, as temáticas e técnicas”, explica Marco Paulo Rolla.

Lucas Emanuel e Sabrina Hemmi compartilharão o espaço da galeria com suas pinturas a óleo e com temáticas particulares que revelam a forma como cada um percebe a natureza-morta por meio dos objetos cotidianos. Lucas Emanuel apresentará Caça, a Raposa, enquanto Sabrina Hemmi mostrará Quase presenças.

 Caça, a Raposa – Lucas Emanuel

Iniciado em 2012, o trabalho do artista reúne pinturas a óleo que retratam a natureza-morta, bodegon, termo em espanhol que representa o gênero. São imagens observadas pelo artista e que revelam em forma de pintura o seu entorno, um cotidiano vivido por Lucas e registrado em pinceladas e cores.

Lucas é belo-horizontino, e de 2008 a 2011 trabalhou com grafites. A partir de 2012, iniciou o curso livre de pintura da Escola Guignard (Uemg), sob orientação de Francisco Magalhães. “Caça, a Raposa” é sua primeira exposição.

 Quase Presenças – Sabrina Hemmi

Sacolas de plástico azul translúcido ocupam as telas da artista. Na outra, um tecido vermelho cobre um objeto retangular. Vê-se lonas pretas dobradas, um pano amarrotado no chão, uma mochila largada. Nesta exposição, Sabrina Hemmi explora o caimento, as dobras e as pregas de tecidos que, em outros tempos, vestiam as figuras pintadas ou esculpidas.

“Hoje, o apego a valores materiais e estéticos, bem como a fixação na utilidade e na capacidade de gerar produto limita nossas percepções. Por meio da imagem dos objetos simples despojados de suas funções cotidianas, as nossas definições preconcebidas escapam, abrindo espaço para a construção de novos sentidos”, explica Sabrina.

Pós-graduada em artes plásticas e contemporaneidade pela Escola Guignard (Uemg), Sabrina participou de projetos multidisciplinares que articulavam artes visuais, literatura e ciências humanas na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). Estudou pintura e modelagem na Escola de Belas Artes da UFMG. Realizou diversas exposições individuais e coletivas em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

 BDMG Cultural

O BDMG Cultural é um instituto que há 27 anos realiza ações na área da música, das artes visuais, do audiovisual e das artes cênicas. Braço cultural do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), a instituição acredita que a cultura faz parte do desenvolvimento e está diretamente ligada a qualidade de vida.

Suas ações culturais abrem espaço para jovens, novos e consagrados artistas. A galeria de arte promove exposições abertas à visitação diariamente, de 10h às 18h, inclusive aos finais de semana e feriados. A instituição faz parte do Circuito Liberdade, corredor cultural localizado em uma histórica área da capital mineira e composto por 16 equipamentos, entre museus e centros culturais.

 Serviço:

Galeria de Arte BDMG Cultural apresenta “Caça, a Raposa”, de Lucas Emanuel, e “Quase Presenças”, de Sabrina Hemmi

Abertura: 30 de setembro, às 19h

Visitação: 1º de outubro a 2 de novembro, diariamente (inclusive sábados, domingos e feriados), das 10h às 18h. Às quintas-feiras, o horário é estendido até às 21h

Endereço: Galeria de Arte do BDMG Cultural – Rua Bernardo Guimarães, 1.600, Lourdes

Entrada: gratuita

Mais informações: (31) 3219-8486

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui