Árvore cai e mata homem em Barão de Cocais

Uma árvore teria caído sobre a cabeça dele, causando sua morte

A Polícia Militar de Barão de Cocais foi acionada na tarde de ontem (16) no Hospital Waldemar das Dores onde um homem de 63 anos havia sido socorrido com ferimentos graves na cabeça, no entanto, ele deu entrada na unidade de saúde já sem vida. A polícia suspeita de homicídio porque uma testemunha teria apresentado duas versões.

Segundo a Polícia Militar a primeira versão da testemunha, um homem de 41 anos, ele e a vítima Raimundo Otávio Silva, trabalhavam roçando o entorno de árvores de eucalipto em uma fazenda que fica na Zona Rural da cidade e por volta das 14h, Raimundo teria se deitado debaixo de uma árvore seca de eucalipto para descansar, contudo, em dado momento a árvore caiu sobre ele causando as lesões.

Ainda segundo relatos da testemunha, para a polícia, após ver o companheiro ferido pediu ajuda ao proprietário da fazenda. A vítima foi colocada dentro de um veículo e no trajeto, próximo ao Posto de Combustível H7 de Cocais, segundo a testemunha, o motorista do veículo teria passado mal e pediu para que o dono da fazenda continuasse o socorro.

Ainda segundo a polícia foi solicitado para a testemunha que levasse a guarnição policial até o local onde teria encontrado a vítima ferida, e lá afirmou para os militares que havia mentido e que na verdade ele não viu que Raimundo Otávio estava deitado para descansar entre as árvores de eucalipto, e ao cortar uma das árvores próxima ao local onde a vítima estava deitada, tal árvore caiu acidentalmente sobre ele causando assim as lesões que foram fatais.

Outra testemunha disse para a polícia que socorreu a vítima ao Hospital Municipal de Barão de Cocais, mas que não presenciou os fatos.

A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada e esteve no local onde ocorreu o fato e encaminhou o corpo de Raimundo Otávio para o Instituto Médico Legal (IML), em Itabira para ser submetido a exames de necropsia.

O caso será investigado pela Polícia Civil da cidade.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui