As pessoas removem um derramamento de óleo na praia de Coruripe, estado de Alagoas, Brasil, 14 de outubro de 2019 (REUTERS / Adriano Machado)

Após atingir nove estados da região Nordeste, Pará (na região Norte) e Espírito Santo (região Sudeste) se preparam para a possibilidade de contaminação pelo derramamento de óleo de origem ainda desconhecida.

O governo paraense montou, preventivamente, equipes para monitorar os municípios da costa. O Espírito Santo também já conta com um comitê de emergência ambiental para lidar com a chegada do óleo. Em ambos os estados, as secretarias de Meio Ambiente e a Defesa Civil já foram acionadas.

De acordo com a secretaria de Meio Ambiente do Espírito Santo, não é possível determinar a chegada do óleo às praias capixabas, porém o monitoramento é contínuo.

Governo cria portal de informações sobre manchas de óleo

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui