O Galo está nas oitavas de final da Copa libertadores da América. A equipe alvinegra garantiu classificação para a próxima fase da competição continental ao vencer o América de Cali por 3 a 1, na noite desta quinta-feira (13), no Estádio Romelio Martínez, em Barranquilla, na Colômbia.
Fotos: Pedro Souza / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro
Hulk, Guilherme Arana e Vargas fizeram os gols do Atlético, que lidera o Grupo H, com dez pontos.
O gás lacrimogêneo resultante dos conflitos que aconteceram nos arredores do estádio chegava ao gramado, razão pela qual o jogo foi interrompido diversas vezes.
O Atlético teve um gol anulado logo aos três minutos, quando Tchê Tchê recebeu passe de Hulk na grande área pela esquerda e chutou cruzado para Keno, em posição irregular, completar para o gol.
Savarino exigiu boa defesa do goleiro Graterol, aos 13 minutos, em chute de fora da área. Aos 19, a defesa cortou parcialmente o cruzamento de Keno e, no rebote, Guga bateu para o gol , mas a bola desviou no defensor colombiano.
Hulk abriu o placar aos 20 minutos, de cabeça, aproveitando cruzamento perfeito de Nacho Fernández pela esquerda: Galo 1 x 0.
Fotos: Pedro Souza / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro
Três minutos depois, o time da casa empatou a partida com Santiago Moreno: 1 x 1.
Aos 51, Nacho recebeu a bola de Hulk e deu ótimo passe para a finalização de Keno, mas o goleiro fez grande defesa para evitar o segundo gol atleticano.
O Atlético pressionou no fim da primeira etapa e, aos 54, Nacho recebeu passe de Hulk na grande área pela esquerda e concluiu para outra intervenção de Graterol. Dois minutos mais tarde, Nacho encontrou Hulk livre na grande área, mas a finalização do camisa 7 foi defendida pelo goleiro.
No segundo tempo, com a mesma formação, o Atlético foi para cima e, após jogada de Arana pela esquerda, quase marcou na tentativa de Keno, mas a bola saiu à direita do gol.
No ataque seguinte, Guga venceu disputa pelo alto e a bola sobrou para Hulk, que tentou encobrir o goleiro e mandou a bola por cima do gol. Aos oito minutos, Savarino fez boa jogada pela direita e cruzou para o outro lado, Arana dominou a bola e soltou a bomba para fazer um belo gol: Galo 2 x 1.
Fotos: Pedro Souza / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro

Depois de boa arrancada pela esquerda, Arana sofreu falta perto da área e a cobrança de Savarino parou no goleiro Graterol, que fez outra boa defesa aos 28 minutos, em arremate de Keno. Em seguida, os donos da casa ameaçaram no chute de Luis Paz, na trave.

Cuca fez três mudança na equipe: Nacho, Keno e Savarino foram substituídos por Dodô, Diego Tardelli e Vargas, respectivamente. outras duas alterações aconteceram posteriormente, com Jair dando lugar a Réver e Hulk deixando o campo para a entrada de Allan.
Já nos acréscimos, aos 51, Tardelli disparou pela direita e deu ótima assistência para Vargas, que tocou de leve na bola para encobrir o goleiro e, na sequência, se abaixou para, de cabeça, dar números finais ao jogo: Galo 3 x 1.
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui