Queimada em terrenos baldios em João Monlevade tem sido comum, assim como as reclamações. Ação é ainda mais prejudicial à saúde devido à secura do tempo

O tempo seco aliado à ausência de chuvas tem provocado o aumento de focos de queimada em João Monlevade. Na tarde de ontem (23), no bairro José Elói, em João Monlevade mais um caso de incêndio foi registrado e causou transtorno aos moradores. A fumaça e a fuligem provocadas pela queimada invadiram casas na região e também em bairros vizinhos.

Queimada em terrenos baldios em João Monlevade tem sido comum, assim como as reclamações. A quantidade de queimadas na cidade fez com que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente intensificasse a divulgação e alerta para que os moradores não coloquem fogo em terrenos.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), até o início de julho aconteceram 880 focos de incêndios em Minas Gerais. Mas é a partir do segundo semestre que essa prática aumenta e causa sérios prejuízos à fauna e flora. Se o responsável pela queimada ele pode responder pelo crime e pagar multa.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui