Bancos públicos de João Monlevade aderem à greve nacional

Agências da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, em João Monlevade, aderiram nesta quinta-feira (8), a greve nacional deflagrada pelo Sindicato dos Bancários, na última terça-feira (6).

Anúncios

Por enquanto só os bancos públicos aderiram ao movimento na cidade.

Continue lendo após o anúncio

Os clientes podem utilizar os caixas eletrônicos para agendamento e pagamento de contas (desde que não vencidas), saques, depósitos, emissão de folhas de cheques, transferências e saques de benefícios sociais.

Nos correspondentes bancários (postos dos Correios, casas lotéricas e supermercados), é possível também pagar contas e faturas de concessionárias de serviços públicos, sacar dinheiro e benefícios e fazer depósitos, entre outros serviços.

A reivindicação dos bancários é de reajuste de 14,78%, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, defesa do emprego, combate às metas abusivas e ao assédio moral, fim da terceirização, defesa das empresas públicas e contra a perda de direitos.

A greve é por tempo indeterminado.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui