Bispo suspende missas e demais atividades da igreja

Foi publicado na tarde desta quinta-feira (19), Decreto de Prevenção, assinado pelo bispo Diocese de Itabira/Coronel Fabriciano, Dom Marco Aurélio Gubiotti (foto), no qual são suspensas todas as atividades da igreja católica. As determinação atingem João Monlevade e cidades da região e foram estabelecidas como medidas cautelares de preservação da vida frente ao cenário social devido a pandemia do novo coronavírus.

Na prática, o decreto estabelece que nos próximos 30 dias não ocorram reuniões ou atividades que aglomerem pessoas, ações beneficentes, atendimentos externos e aluguel de espaços da igreja, como os salões. Também estão suspensas as missas, batizados, confissões individuais, catequeses, crisma e procissões. Os casamentos, se não forem reagendados, não poderão ter mais do que 20 pessoas dentro do espaço litúrgico.

Na Semana Santa (de 5 a 11 de abril) todas as atividades, como procissões, sermões e dramatizações da Paixão de Cristo devem ser canceladas. O Domingo de Ramos e o Tríduo Pascal (Sexta-feira da Paixão, Sábado de Aleluia e Domingo de Páscoa) serão celebrados, mas sem a presença da assembleia litúrgica.

No Decreto, o bispo enfatiza que os meios de comunicação social, especialmente as novas mídias sejam usadas como instrumento de evangelização. As celebrações, sem a presença da assembleia, sempre que possível, devem ser transmitidas via Facebook, Youtube, Instagram ou rádios. Dom Marco Aurélio lembra ainda que os fieis devem ser convidados a continuar com ações de evangelização por meios das orações testemunhos, dízimo e ofertas.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui