Brasil e Portugal reafirmam compromisso mútuo de recuperação econômica

Presidente Jair Bolsonaro e o Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. - Foto: Marcos Corrêa/PR

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, recebeu, nesta segunda-feira (2), o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio da Alvorada. Além da dimensão histórica, os dois países mantêm parceria política, econômica e cultural, e contínua coordenação em foros internacionais.

Anúncios

O mandatário português foi recebido no Alvorada com honras militares. Os presidentes Jair Bolsonaro e Marcelo Rebelo de Sousa ouviram a execução dos hinos dos dois países e seguiram para uma reunião.

Continue lendo após o anúncio

O Ministério das Relações Exteriores divulgou nota sobre o encontro. “Os Presidentes Bolsonaro e Rebelo de Sousa reafirmaram na ocasião a convergência entre Brasil e Portugal nos campos cultural, econômico, comercial e multilateral e reiteraram o compromisso mútuo de promover a recuperação econômica no contexto pós-pandemia”, registrou o texto.

A nota afirmou que a reunião permitiu examinar a reativação dos mecanismos de diálogo bilateral, em preparação para a próxima Cimeira Brasil-Portugal e as celebrações do bicentenário da Independência em 2022. E que, nesse contexto, avaliaram positivamente a recente visita a Lisboa do ministro das Relações Exteriores, Carlos França, e encontros à margem da Cúpula da Comunidade do Países de Língua Portuguesa (CPLP), em Luanda, de 15 a 17 de julho.

Relações entre os países

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, a comunidade brasileira em Portugal é uma das maiores do mundo e é composta, sobretudo, por estudantes e profissionais liberais. Existem representações consulares brasileiras em Lisboa, Porto e Faro.

Estima-se que 600 empresas de capital português atuem no Brasil. Segundo o Banco Central, Portugal é o 16º país de origem de Investimentos Estrangeiros Diretos no Brasil, com cerca de US$ 10,7 bilhões em estoque de investimentos

Na carteira do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), dedicado a parcerias público-privadas em infraestrutura e desestatização, Portugal figura como 7º maior investidor.

Comércio

A balança comercial com Portugal é superavitária para o Brasil com US$ 828 milhões, em 2020. No ano de 2020, os principais produtos exportados foram: óleos brutos de petróleo (56%), soja (9%), milho (7,6%) e produtos laminados de ferro ou aço (5,8%).

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui