Caixas de cerâmicas são furtadas de obra da sede do Sevor

Toda a obra está sendo feita com doações

Dez caixas de cerâmicas, cor branca, 32×57 e um carrinho de mão foram furtados da obra de construção da sede operacional do Serviço Voluntário de Resgate (Sevor). A ação de marginais foi registrada na madrugada de ontem (2). O material foi doado pela comunidade e o caso é investigado. Pistas de onde o material foi parar podem ser repassadas à Polícia Militar pelo telefone 190. As denúncias serão mantidas em sigilo.

A Sede Operacional é construída na avenida Sebastião Simão de Almeida, no bairro Sion. O local possui localização estratégica, próximo à saída de João Monlevade. O Sevor atua em João Monlevade e cidades da região há 16 anos. Ao longo do tempo, os 70 voluntários já atenderam cerca de 30 mil ocorrências.

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui