Câmara autoriza empréstimo de R$ 3 milhões para infraestrutura

O presidente da Câmara Juarez Camilo destacou, antes da votação, que não pode levar divergências políticas com o Executivo acima do interesse público

A Câmara Municipal de Santa Bárbara aprovou ontem (24/04), empréstimo de R$ 3 milhões que a Prefeitura fará com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). O dinheiro, segundo justificativa do prefeito Léris Braga (PHS), será investido em obras de infraestrutura.

A cidade foi habilitada após intervenção do governador Fernando Pimentel (PT), que facilitou o empréstimo aos municípios que tiveram perdas com a arrecadação de royalties. Outras cidades da região, como Itabira e São Gonçalo do Rio Abaixo, também foram beneficiadas.
O prazo para que o município fosse habilitado venceu ontem. Por isso, o presidente da Câmara, Juarez Camilo (PSDB) antecipou a data e realizou a reunião no Plenarinho.

O vereador Paulo Henrique Rocha (PDT), destacou o empenho do presidente da Casa. “Quero aqui parabenizar Juarez Camilo pelo empenho em colocar esse projeto em votação para que o município não perca esse dinheiro que será fundamental para realização de obras que vão beneficiar a população diretamente. Juarez está de parabéns na atuação como presidente da Câmara exercendo a função de lutar a favor do município”, argumentou.

Geraldo Carneio (DEM) disse que votaria a favor, mas pediu que o prefeito Léris Braga faça bom uso e utilize o dinheiro em favor de comunidades que precisam de mais atenção. “Eu sou uma pessoa de posição e não tenho medo de expressar minha opinião, seja ela a favor ou contra. Mas quero avisar que votarei a favor desse empréstimo, mas que ele [o prefeito] tenha mais atenção com as comunidades mais necessitadas”, cobrou o vereador.

O presidente da Câmara Juarez Camilo destacou, antes da votação, que não pode levar divergências políticas com o Executivo acima do interesse público. “Sempre vai existir discordância com o prefeito, mas aqui temos que deixar isso de lado e votar o que é bom para as pessoas que morram em Santa Bárbara. É preciso haver sempre bom senso e peço que todos os vereadores pensem assim e façam uma política responsável, já que fomos eleitos para representar os interesses da população. Precisamos seguir com uma Câmara harmoniosa e democrática como vem sendo e que é o que a população espera de nós”, destacou.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui