Câmara de Itabira proíbe entrada de instrumentos sonoros durante reuniões

Sede da Câmara Municipal de Itabira
O presidente da Câmara de Itabira, Heraldo Noronha Rodrigues (PTB), baixou ontem (6) uma portaria que regulamenta o Art. 72 do Regimento Interno, onde fica proibido entrar na Casa Legislativa portando quaisquer instrumentos sonoros como apitos, vuvuzelas, cornetas e similares. Fica proibido também utilizar quaisquer instrumentos de produção sonora no recinto da Câmara, especialmente durante as reuniões ordinárias, de comissões e solenes.
Pelo documento o presidente da Casa pedirá a retirada do Plenário da pessoa que desobedecer as medidas.
Segundo a Assessoria de Comunicação da Câmara, durante as reuniões ordinárias estão ocorrendo manifestações promovidas pelo Sindicato dos Servidores Públicos contra a demissão de funcionários da Empresa Itaurb – Empresa de Desenvolvimento de Itabira, que é ligada à prefeitura. As manifestações têm atrapalhado até mesmo a votação de projetos. Por isso houve a necessidade da edição da portaria.
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui