Câmara de João Monlevade empossa vereadores mirins

A Câmara Municipal de João Monlevade deu posse nesta segunda-feira, 19, aos alunos participantes da 8ª edição do projeto Câmara Mirim. Este ano, 12 vereadores mirins do ensino fundamental de escolas públicas e particulares do município participam do projeto. A solenidade contou com a presença do presidente da Casa, vereador Leles Pontes (PRB); dos vereadores Cláudio Cebolinha (PTB) e Belmar Diniz (PT), membros da Comissão do Câmara Mirim; do secretário municipal de Educação, Teotino Damasceno Filho; e do inspetor de ensino José Tiago Fonseca, representando a Superintendência Regional de Ensino de Nova Era. Também compareceram os vereadores Gentil Bicalho (PT), Toninho Eletricista (PHS) e Rael Alves (MDB). O evento ainda contou com a presença de pais dos alunos, diretores e representantes de escolas, além de entidades.

Os vereadores Cláudio Cebolinha e Belmar Diniz, membros da Comissão, afirmaram que projetos como este contribuem para a valorização da educação e para o engrandecimento do jovem enquanto cidadão comprometido com a política de sua cidade, de seu estado e do país. Belmar ainda lembrou que o projeto de implantação da coleta seletiva no município foi apresentado pela Câmara Mirim e colocado em prática pelo Legislativo.

O secretário de Educação, Teotino Damasceno, parabenizou a Câmara pela iniciativa e desejou sucesso aos vereadores mirins. “Fico feliz em saber que vocês estão integrando um dos poderes que é um dos pilares da democracia. Esse é um importante momento, pois vocês estão ingressando no conhecimento e na participação da política”, declarou.

Por sua vez, o inspetor de ensino, José Tiago Fonseca, enalteceu o trabalho idealizado por meio da Câmara Mirim. “É muito importante atuarmos de forma crítica, de forma cidadã, nesse processo de conscientização política cada vez mais atuante de nossos jovens”, afirmou.

Por fim, o presidente Leles Pontes disse que o futuro do país está na educação. “Enquanto professor, acredito muito na capacidade e no compromisso de nossos jovens com a educação. Projetos como este, assim como o Parlamento Jovem, mostram o quanto é importante o comprometimento de nossos adolescentes com a política. Acredito que o nosso Brasil possa mudar e isso irá acontecer por meio de vocês, jovens cada vez mais interessados no aprendizado diário”, concluiu.

Após serem diplomados e empossados, os vereadores mirins elegeram a Mesa Diretora que vai presidir os trabalhos durante os quatro meses de duração do projeto. A chapa vencedora é composta por Manuelli Fuscaldi Ribeiro Augusto (presidente), Sofia Mota Feu de Carvalho (vice-presidente), Warley Bitarães dos Santos (1º Secretário) e Lívia Luíza de Menezes (2ª Secretária). Os demais vereadores mirins são: Alessandro Milane Leal Santos, Anderli Borges de Almeida, Giovanna Ferreira Pires das Graças, Gustavo Henrique da Silva Lima, João Lucas Ribeiro Soares, Júlia Mara Rodrigues Coelho, Kauan Victor Miranda e Lavínia de Vasconcelos Teixeira.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui