Câmara de Santa Bárbara pode acabar com recesso parlamentar

Segundo Juarez Camilo, o fim do recesso parlamentar vem ao encontro de medidas de austeridade

O presidente da Câmara Municipal de Santa Bárbara, Juarez Camilo (PSDB), apresenta para votação na reunião ordinária desta quinta-feira (22), projeto que põe fim ao recesso parlamentar dos meses de julho e dezembro, com isso os vereadores passam a ter apenas um recesso – o de janeiro.

Segundo Juarez Camilo, o fim do recesso parlamentar vem ao encontro de medidas de austeridade que ele, juntamente com os demais vereadores, vem tomando desde que assumiu a presidência do Legislativo. “As pessoas trabalham o ano todo e têm direito à um período de férias. Nós fomos eleitos para representar essas pessoas e não podemos, de maneira alguma, ter o privilégio de três recessos. Com esse ato estamos mostrando para a população que estamos seguindo com respeito à ela que nos elegeu e nos confiou seu voto”, argumentou o presidente.

O presidente da Câmara Municipal comentou ainda que antes de tomar essa decisão, ele conversou com todos os vereadores e que nenhum se opôs à mudança. “A gente percebe que essa legislatura vem sendo diferente e os vereadores estão conscientes e atentos em fazer uma vereança mais participativa. Quando conversei com eles para por fim nesses recessos, aceitaram e apoiaram. Isso mostra a importância da nossa capacidade de diálogo”, comentou.

O vice-presidente da Câmara Carlos Augusto Bicalho Fonseca “Guto” (PDT), também é à favor do fim de dois recessos e afirmou que a Câmara vive um novo tempo. “A gente percebe que a Câmara vive um novo momento com a presença de todos os vereadores na busca de um trabalho em conjunto e com debates importantes que vão trazer desenvolvimento para Santa Bárbara. O fim do recesso representa um marco para a atual gestão da Câmara”, disse de maneira enfática.

De acordo com o primeiro-secretário Ermelindo Ferreira (PSL), a votação do fim do recesso aumenta ainda mais as atividades legislativas. “É importante ter uma Câmara sempre em movimento e ao lado da população”, garantiu. Já o vereador Geraldo Carneiro (DEM), que ocupa a segunda-secretaria, disse que a mudança é benéfica. “Eu sempre venho à Câmara com ou sem recesso e acredito que com o fim fica mais fácil e as pessoas poderão continuar vindo a esta casa, que é do povo, e conversando com o seu vereador. É uma medida que merece meus aplausos”, avaliou.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui