Logo após a reunião, Fábio e Tonhão foram convidados a conhecerem as instalações do projeto

Os vereadores de João Monlevade Fábio da Prohetel (PP) e Tonhão (PPS), estiveram na tarde do dia 19, na sede do Instituto de Ação Social Projeto Peniel, no bairro Loanda, que trabalha na recuperação de usuários de drogas. O encontro, que foi solicitado pela administração do instituto, foi para apresentar o projeto aos edis e solicitar apoio da Câmara para melhorias no local.

Segundo o presidente do projeto, Wellington de Paiva Medeiros, o instituto funcionava próximo ao bairro Nova Cachoerinha, mas em terreno pertencente ao município de São Gonçalo do Rio Abaixo. “Como nossos recuperandos são em sua totalidade, residentes de João Monlevade, e claro, buscando apoio do Poder Público daqui, mudamos para esta casa alugada, no bairro Loanda”, explicou Wellington. Atualmente, o projeto atende 17 pessoas. “Contudo, não são todos os internos que as famílias podem contribuir para o custeio. Mas não encaramos isto como impedimento, abraçamos este recuperando. Mas manter a casa é um desafio diário” explicou o presidente.

O vice-presidente da instituição, Jean Marcell Martins de Oliveira, destacou ainda que o projeto não conta com psicólogo, psiquiatras ou assistentes sociais. “Tudo que é realizado aqui é por meio de voluntários. E temos boa taxa de recuperação dos que são atendidos”, disse. O vice-presidente pediu ainda apoio dos vereadores para a transferência da documentação para João Monlevade. “Creio que a partir daí poderemos celebrar convênios junto ao Poder Público. Nossas instalações nos permitem atender até 35 internos. Só que precisamos de parceiros. Alguns comércios nos auxiliam com doação de mantimentos e hortifruti”, explicou.

Logo após a reunião, Fábio e Tonhão foram convidados a conhecerem as instalações do projeto. Os edis detalharam que vão marcar reunião junto ao jurídico da Câmara e da Prefeitura, para que seja traçado o passo a passo de regularização dos documentos. Segundo os dois vereadores, este é o primeiro passo, já que para receber ajuda do Poder Público, é preciso que toda a documentação esteja em dia. “Inclusive para destinação de verbas de deputados. É melhor investir na prevenção e recuperação”, opinou Tonhão. Para Fábio, um projeto tão bonito não pode deixar de ser apoiado. “Como representantes do povo vamos abraçar esta causa. A intenção é buscar apoio dos demais vereadores e do Poder Executivo. Acredito no sucesso desta iniciativa”, disse Fábio.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui