Câmara vai implantar projeto para redução de energia elétrica

Na tarde dessa quinta-feira (15), o presidente da Câmara Municipal de João Monlevade, vereador Leles Pontes (PRB) recebe a diretoria do Centec/Doctum e a coordenação do curso de Engenharia Elétrica da instituição.

No encontro será discutida sobre a parceria junto à instituição para a realização de um estudo responsável que aponte qual o melhor processo a ser implantado pela Casa Legislativa a fim de reduzir os custos com energia elétrica.

Conforme dados do Portal da Transparência da Câmara de Vereadores, o gasto com contas de energia elétrica na Casa, entre os meses de fevereiro e junho giram em torno de R$ 35.500,00.

Em recente entrevista, o presidente da Câmara, Leles Pontes, comentou sobre a  intenção da implantação do projeto, como uma das ações de sua gestão nesse semestre. Conforme o parlamentar, a intenção seria usar energia fotovoltaica na Câmara. Para isso, é necessário investimentos que podem chegar a R$ 180 mil.

Além da economia com contas de energia elétrica, a Câmara de João Monlevade pode também instalar poços artesianos em sua sede. Com contas de água são pagos anualmente cerca de R$ 10 mil.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui