O veículo estava completamente carbonizado em meio a uma mata. Fotos Atila Lemos

Por volta das  21h50 de terça-feira (26), um homem de 37 anos, foi vítima de assalto quando estava com sua picape Nissan Frontier de cor branca e seguia sentido a cidade de Santa Maria de Itabira, pela rodovia MGC-120 próximo da Barragem Santana.

Um bando de criminoos tem dado muito trabalho para as Policias, e aterrorizado os usuários da rodovia MGC-120 em um pequeno trecho que compreende do trevo  da MG-129 com MGC-120 até o bairro Pedreira do Instituto.

Já são várias as vítimas de roubo a mão armada e os casos de roubos tentados onde as vítimas não chegam a registrar o fato, mas as histórias não deixam de ser relatadas por elas, e o medo que viveram no momento do ataque destes criminosos.

Neste caso especifico da Frontier o motorista foi atacado por uma dupla numa moto, assim que ele reduziu para seguir para Santa Maria de Itabira e acabou abordado pelo garupa com a arma em punho, aparentando ser um revólver, anunciando o assalto, dizendo, “perdeu, perdeu, desce do carro”. Em seguida ordenou que ele não olhasse para trás e andasse sentido ao bairro Pedreira.

O bando que vem atacando as vítimas neste local, sabem que o acionamento da PM será demorado devido ao fato do local não possuir sinal de celular, o que acaba facilitando a ação criminosa em toda esta extensão de cerca de cinco a oito quilômetros até o radar no Pedreira do Instituto, que tem sido outro local de ataques.

Nesta quarta-feira (27) a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima que a caminhonete estava abandonada e completamente carbonizada numa região do Corta Madeira, na área de uma mineradora.

Depois de intenso rastreamento a procuro do veículo, os militares localizaram somente a carcaça da picape em meio a mata num local de difícil acesso.

O que sobrou da picape foi removido para o pátio do Detran.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui